​Vinhos do Fogo conquistam duas medalhas de ouro no Mundial de Vinhos Extremos

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,31 jul 2018 8:09

Cabo Verde conquistou duas medalhas de ouro com dois dos seus vinhos produzidos na ilha do Fogo, pela Adega de Monte Barro, Maria Chaves, no 26º concurso internacional de vinhos extremos, informou a directora da ASDE, Maria Graça.

Em declarações à Inforpress, a responsável da Associação Solidariedade de Desenvolvimento (ASDE), Maria Graça afirmou que esta distinção representa um sinal de que efectivamente o desenvolvimento da ilha do Fogo pela produção do vinho é possível.

“Foi com muita satisfação que recebemos essa notícia, com a atribuição de duas medalhas de ouro para Maria Chaves Santa Luzia e Pico do Fogo e durante muito tempo temos estado a dizer que a ilha do Fogo pode ter o desenvolvimento que merece através do vinho”, declarou.

Conforme avançou, Santa Luzia de Maria Chaves concorreu na categoria dois de Vinhos Brancos Tranquilos Safra de 2016 e Precedentes e Pico do Fogo de Maria Chaves concorreu na categoria 5 de Vinhos Tintos tranquilos da colheita de 2016 e anterior.

De acordo com esta responsável, os vinhos extremos também chamados de “Vinhos Heroicos” são vinhos “que são e serão para sempre” produzidos com muita exaustão e com muito suor e são muitas vezes produzidos em localidades tão escondidas que são praticamente desconhecidas.

O concurso foi realizado pelo Centro de Investigação e Valorização da Viticultura da Montanha (CERVIM), em colaboração com o Departamento de Agricultura da Região Autónoma do Vale de Aosta, Vival Associação dos Produtores de Vinho do Vale de Aosta, Organização Internacional da Vinha e do Vinho e Federação Internacional das Grandes Competições Vitivinícolas (VINOFED).

A Mundial de Vinhos Extremos é o único evento internacional dedicado especificamente aos vinhos produzidos em áreas caracterizadas pela viticultura heróica.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,31 jul 2018 8:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  31 jul 2018 8:09

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.