​Cabo-verdiana no Luxemburgo concorre ao Top Model Europa

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,24 set 2018 8:15

Elisângela Regina Fortes
Elisângela Regina Fortes

A emigrante cabo-verdiana em Luxemburgo, Elisângela Regina Fortes, de 42 anos, está a concorrer ao Top Model Europa.

Em entrevista a Inforpress, Elisângela Regina Fortes explicou que o concurso vai acontecer a 30 de Outubro, em Bruxelas, mas a votação do público já está a decorrer no site da Top Model Europa, até final de Setembro.

Segundo a cabo-verdiana, natural de São Vicente, foi uma surpresa quando foi aceite no concurso, visto que nunca tinha participado em quaisquer competições de moda e só decidiu enviar as fotos para o casting depois da sugestão de um amigo.

“Quando recebi a mensagem de uma pessoa amiga a informar-me do casting do Top Model Europa as inscrições já tinham encerrado. Mas como no Luxemburgo teve uma boa demanda eles abriram a possibilidade de fazer a inscrição num outro dia,” disse Elisângela Fortes.

Além disso, o concurso era dirigido a meninas dos 15 aos 32 anos. Entretanto, apesar de ser mais velha (na altura tinha 41 anos) a sua aparência jovial conquistou a organização.

“Quem não arrisca não petisca. Foi a partir daí que tive mais motivação e enviei as minhas fotos a informar-lhes que tinha 41 anos e a perguntar se poderia tentar aquela aventura”, acrescentou.

Além da sua idade, outra particularidade é que os trajes que Elisângela Fortes vai usar no concurso foram criados por mãos cabo-verdianas, um trabalho do designer de moda John Cruz e da costureira Joana Almeida, ambos residentes em São Vicente.

Um dos vestidos foi criado em tecido chiffon, combinado com organza, seda e apliques de lantejoulas. O outro foi feito a partir de plástico como forma de chamar atenção para os malefícios que o consumo de plástico causa ao meio ambiente.

“Como somos um país onde temos muitas praias esse vestido é para chamar atenção das pessoas a não deitarem lixo, principalmente, plásticos nas praias. As tartarugas e outros seres vivos estão a sofrer devido a esse mal,” explicou o designer John Cruz que ainda colocou um laço de plástico rosa no vestido, associando-o também ao “Outubro rosa”, mês do combate ao cancro de mama.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,24 set 2018 8:15

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 set 2018 8:15

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.