Alguns Mitos sobre África

PorExpresso das Ilhas,25 mai 2019 12:03

Há muitos mitos que persistem sobre África. Listamos alguns dos mais comuns que, em alguns casos, até os próprios africanos reproduzem.

África é um país

Com muita frequência, quando as pessoas falam sobre esse continente vibrante e diversificado que abriga mais de 54 países independentes e 1 bilhão de seres humanos, elas o reduzem a uma única nação.

Na realidade, a África é a área povoada mais antiga do mundo e o segundo maior continente do planeta. É vasto e as culturas que existem nos diversos países são ainda mais. A África do Sul, por exemplo, tem 11 línguas oficiais, enquanto em todo o continente, existem mais de 1500 a 2000 línguas locais faladas todos os dias. Mas não é só a língua; a música, a gastronomia, o vestuário... Diversidade é a palavra.


África não é segura

Guerra, fome, crianças-soldado, terrorismo, crime, incompetentes; Se você acreditar no que os media relatam, África parece perigosa como o inferno!

Mas não é, pelo menos não mais do que qualquer outro continente. E as pessoas realmente podem viajar por todo o continente sem problemas.

Nós se nega que o continente tem alguns problemas aqui e ali, como em todos os lugares da terra. Mas é mais provável que você seja “morto” com gentileza por pessoas felizes do que por qualquer perigo real. Seja cauteloso, exercite o bom senso e aproveite o calor de pessoas amigáveis e acolhedoras.


África e os seus líderes são corruptos

Sendo honestos, muitos países, políticos e pessoas em África tendem a incorrer ocasionalmente em práticas de corrupção. Mas não se pode entender que a corrupção esteja em todo o lado e todos são corruptos!

Mandela e Ellen Sirleaf, ex-presidente da Libéria, são exemplos de líderes incorruptos.


África é tecnologicamente atrasada

Falso. A maioria dos países africanos têm acesso a 4G e wi-fi, especialmente no sul. Todos os países têm acesso a telemóveis, até os guerreiros das tribos Maasai do Quênia e da Tanzânia os usam!

Em todo o continente, os bancos africanos criaram sistemas bancários inovadores compatíveis com dispositivos móveis que revolucionaram os pequenos negócios nas áreas rurais, e muitos agricultores recebem informações vitais para sua colheita a cada estação por meio de aplicativos móveis.

A África também está na vanguarda da tecnologia solar, com o Marrocos a construir a maior usina de energia solar do mundo. Os africanos são engenheiros e solucionadores de problemas capazes e autodidatas. Leia o livro ou veja om filme “The Boy that Harnessed The Wind”.


África precisa de ajuda

Graças aos media e aos anúncios de caridade bem-intencionados (mas prejudiciais) que mostram crianças tristes e desnutridas, ainda há uma percepção no Ocidente de que a África é pobre, desamparada e precisa de ajuda superior.

É uma boa coisa querer impactar positivamente o mundo porém, essa visão de que os ocidentais têm que ir 'consertar' África fazendo trabalho de caridade ( a invasão de white saviors nas férias de verão...) realmente acaba por perpetuar o ciclo de dependência.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,25 mai 2019 12:03

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  25 mai 2019 12:53

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.