Já conhece a Kenshocv?

PorSheilla Ribeiro,19 mar 2021 14:59

Kensho é um nome japonês que significa momento de iluminação e momento Zen. E um momento descontraído e de zero stress é tudo que as velas, incensos e ambientadores da Kenshocv prometem aos clientes.

Vanilce Veiga sempre foi apaixonada por velas, principalmente as aromáticas nos seus momentos de relaxar. Assim, começou a assistir vídeos e a fazer experiências na panela de casa, até decidir criar a sua própria marca, com a sua sócia Jael Tavares.

“Percebi que o valor as velas que vêm do exterior é elevadíssimo e que precisávamos de algo nosso, produzido a nível local. Assim, no início de Dezembro do ano passado, começamos a produção”, conta ao Expresso das Ilhas.

Ao notar a boa aceitação do público, Vanilce Veiga decidiu comprar uma pequena máquina e arriscar na produção de ambientadores e agora incensos. 

Até agora, diz, a produção tem sido rentável mesmo tendo um baixo custo, uma vez que a maioria das matérias-primas é local. Entretanto, algumas são importadas de Espanha.

“Há uma grande necessidade a nível do mercado porque é algo que não existe no país. Alguns comércios trazem de fora e é algo de baixo custo que é bom para a saúde”, descreve.

Entre os benefícios das velas aromáticas, Vanilce Veiga aponta o controlo da ansiedade e controlo de stress do dia-a-dia.

Para a produção a Kenshocv usa óleos essenciais, parafina vegetal, óleo de coco nacional, óleo de canela, óleo de lavanda e vários produtos.

“E nós não vendemos apenas velas, fazemos kits e alguns dos kits vêm com sal de Maio, sal da ilha do Sal, pedras vulcânicas. Tratam-se de kits personalizados com matérias de Cabo Verde de forma a promover o que é nosso e a nossa gente. Inclui ainda chás naturais locais e provenientes de Marrocos”, explana.

Vanilce Veiga relata que no início foi difícil devido à dificuldade em encontrar matérias-primas para trabalhar avulso. Como exemplo cita que até mesmo as caixas para embalar têm de ser importadas.

“A nível logístico tive muitos problemas com caixas, problemas em encontrar alguns óleos essenciais. É um bocadinho complicado mas quando se está disposto e se sabe que no fundo vai dar certo, consegue-se dar a volta por cima”, afirma.

O mercado, segundo esta entrevistada, tem sido “óptimo”, tanto é que já vende para outras ilhas e exporta para o estrangeiro. A nível nacional, a Kenshocv vende kits brindes para empresas nas datas especiais e também para casamentos.

image

Produção em tempos de pandemia

Para Vanilce Veiga, pelo facto do mundo estar a viver uma situação atípica, as pessoas começaram a buscar momentos mais intimistas e de mais reflexão com velas e chá, o que levou ao sucesso da Kenshocv.

“A única dificuldade que nos é imposta pela pandemia é a demora na entrega dos produtos importados por causa do transporte. Por outro lado, as pessoas têm tido uma outra chamada em relação a consumo de velas, incensos, de beber um chá, de ter um momento para elas. Isso tem sido importante. Hoje em dia, o nosso luxo é ter saúde mental e emocional”, menciona.

image

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,19 mar 2021 14:59

Editado porAndre Amaral  em  19 mar 2021 14:59

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.