Estudo sugere que COVID-19 não é uma doença respiratória

PorExpresso das Ilhas,3 set 2021 9:29

Um novo estudo afirma que a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, é uma condição vascular e não uma patologia pulmonar, como é frequentemente assumido.

Segundo uma pesquisa realizada por investigadores da Universidade da Califórnia-San Diego, nos Estados Unidos, o aparecimento de coágulos sanguíneos em alguns pacientes, bem como outros sintomas, tais como 'dedos de COVID', geralmente não são um indicador de uma doença respiratória.

De acordo com o estudo publicado no Journal Circulation Research e citado pelo jornal Times of India, o vírus tem como alvo o sistema arterial ou circulatório. A chamada proteína S, que forma a coroa do patógeno, ataca o receptor ACE2 causando danos à mitocôndria da célula, que cria energia e, consequentemente, o endotélio, que cobre a artéria sanguínea.

Os investigadores formularam um pseudo vírus que incluiu somente a proteína S e nenhuma outra parte do vírus para demonstrar em laboratório que esta proteína é suficiente para induzir a doença por si só. Tal já havia sido constatado, porém o método exacto e a função da proteína S eram desconhecidos até agora.

O estudo aponta que esta proteína é recriada por todas as vacinas actualmente conhecidas.

Para os investigadores os problemas vasculares podem estar relacionados com a resposta imunológica do paciente. O impacto no sistema respiratório é provocado pela inflamação do tecido vascular pulmonar.

O que pode explicar, segundo o estudo, porque é que algumas pessoas sofrem de AVC ou doenças em outras partes do corpo enquanto sofrem de COVID-19.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

COVID-19

Autoria:Expresso das Ilhas,3 set 2021 9:29

Editado porAndre Amaral  em  25 set 2021 23:20

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.