Cientistas criam “adesivo” que permite a grávidas ver o bebé no telemóvel

PorExpresso das Ilhas,2 ago 2022 9:09

Há novidades fresquinhas para conhecer e chegam dos Estados Unidos, onde uma equipa de engenheiros está a desenvolver um “adesivo” para grávidas que poderá permitir ver, em alta resolução, o coração, pulmões e outros órgãos dos bebés. Mas também poderá ser usado para exames de rotina em não grávidas.

O objectivo desta tecnologia será criar uma imagem, semelhante à de uma ecografia, contínua, durante quarenta e oito horas. O “adesivo” - com o tamanho de um selo - poderá ser muito útil para monitorizar e detectar tumores cancerígenos.

Os investigadores acrescentam que os “adesivos” podem ser utilizados em diferentes situações para detectar problemas de saúde graves em fases iniciais.

"Nós imaginamos alguns “adesivos” colocados em diferentes locais do corpo, que comunicariam com o telemóvel, onde algoritmos de inteligência artificial analisariam as imagens no momento", diz autor principal do estudo, Xuanhe Zhao, professor de engenharia mecânica e engenharia civil e ambiental no Massachusetts Institute of Technology (MIT), em comunicado.

Para testar a ideia os investigadores diferentes voluntários usaram o “adesivo” o que permitiu provar que os dispositivos produziam imagens, ao vivo e de alta resolução, dos principais vasos sanguíneos e órgãos como coração, pulmões e estômago.

Além disto, os dispositivos não perderam a adesão e capturaram mudanças noutros órgãos quando os voluntários se mexiam, nomeadamente, se sentavam, corriam, ou andavam de bicicleta.

Os investigadores acreditam no potencial desta novidade e vão continuar a trabalhar e aperfeiçoar o projeto que pode facilitar não só a vida de grávidas, mas também detetar doenças, sem ser necessário utilizar equipamento clássico e difícil de transportar.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 ago 2022 9:09

Editado porAndre Amaral  em  2 ago 2022 9:09

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.