Novo 3 da Mazda. Baralhar e voltar a dar

PorExpresso das Ilhas,12 mar 2019 11:08

A Mazda escolheu Portugal para apresentar ao mundo o seu novo número 3. Há muito que o construtor nipónico tem dado sinais nítidos de um design arrojado, apontando para uma assinatura de futuro que defina a nova era da Mazda. Uma interpretação mais madura, do que tem vindo a ser o sentido estilístico da marca, está agora patente e bem definida no novo Mazda 3, tanto com o estilo mais emocional do hatchback, de semblante mais desportivo, como com a elegância mais requintada do sedan, que não deixa de ser um familiar por excelência.

A beleza simples foi a opção dos responsáveis pelo design da marca, lançando desta forma um desafio sofisticado, mas ao mesmo tempo elegante, ao nível das linhas exteriores do novo 3, que se prolongam a um interior totalmente novo, onde a simplicidade do design se mistura com a facilidade de utilização das mais recentes tecnologias disponíveis a bordo, um estilo minimalista, que retira tudo aquilo que não é necessário, num cockpit que promove a concentração na condução, em ambiente sereno. Esta beleza interior encontrada para o 3, está igualmente fundamentada na utilização de materiais de qualidade, que tornam o habitáculo simples e tentador. Esta “alma em movimento”, preconizada pelos estilistas da marca, através dos dois concept car RX-Vision e Vision Coupé, foram a base de trabalho para conceber o Mazda 3, tanto na versão hatchback, como no sedan.

Não é apenas o foco no design que define o novo modelo da Mazda. As dinâmicas de condução, o conforto dos ocupantes e um concentrado de novas tecnologias, transformam o 3 num objecto de desejo, com o mercado europeu a significar apenas 1/6 das vendas da marca em termos globais. A tecnologia Skyactiv, adaptada às novas exigências, coloca agora no Mazda 3 duas novas motorizações, numa filosofia de engenharia voltada para o utilizador, que irá dar lugar a tecnologias do futuro, que serão lançadas nos próximos dois anos. O sistema “Mild Hybrid”, com um gerador (B-ISQ) incorporado no bloco, contribui para uma optimização do motor em termos de consumo, performance e emissões, sendo por isso mais eficiente, tanto nas opções diesel como a gasolina.

Substituindo os blocos diesel de 1,5 e 2,2 litros, o novo motor Skyactiv-D de 1,8 litros, debita 116 cv de potência, reduzindo emissões NOx e CO2 de forma assinalável. Na opção a gasolina, o novo motor Skyactiv-G 2.0, também assistido pelo sistema “Mild Hybrid” da Mazda oferece 122 cv de potência e garante ser um dos motores mais limpos e eficiente fabricado pela marca. Tanto na opção a gasolina, como a gasóleo, o Mazda 3 pode vir equipado com transmissão manual ou automática de seis velocidades. A mais recente tecnologia Skyactiv-X, com um novo processo de compressão para queimar combustível, promete ser revolucionária entre os motores a gasolina e será lançada em finais de 2019.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

mazda 3

Autoria:Expresso das Ilhas,12 mar 2019 11:08

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  12 mar 2019 11:08

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.