Kia em destaque no Salão de Nova Iorque

PorExpresso das Ilhas,22 abr 2019 10:09

O Salão Automóvel da Big Apple serve para mostrar uma visão “quente e pujante” da mobilidade eléctrica

Pensar o futuro dos eléctricos com um modelo com tração integral obtida por dois motores é a proposta que a Kia leva este ano ao Salão de Nova Iorque, com o Habaniro Concept. O nome recorda o de outro modelo da marca, o Niro, mas neste caso temos uma proposta claramente diferente na estética, para um modelo de emissões 0 que, com autonomia de 500km que pode transportar quatro passageiros.

E transportar é aqui usado no sentido literal, já que o Habaniro apresenta capacidades de nível 5 de condução autónoma e “tecnologia mais avançada do que aquela que colocou o homem na Lua”. O que é claramente interessante, mesmo tendo em conta que passam cinquenta anos desde a famosa caminhada de Neil Armstrong e que o prazer de estar ao volante é algo sem paralelo…

Mas como um dos objectivos é navegar confortavelmente nas cidades, onde andar metido nos engarrafamentos pouco pode ser equiparado ao prazer de conduzir, o conceito do Kia Habaniro tem pontos bastante interessantes. Como na estética a abertura em sentido oposto das portas, facilitando o acesso, o perfil musculado, as jantes de 20’’ ou a frente bastante esculpida com apontamento em Lava Red, a cor que surge também no Pilar C.

Este vibrante vermelho surge também a bordo, num interior despido ao máximo de ecrãs e botões, fazendo do vidro dianteiro um enorme head-up display. Outra novidade é o PVS (Perimeter Ventilation System) que cria uma cortina de ar. Contando ainda com evoluída iluminação ambiente, este é um dos sistemas que se destaca ainda mais pela actuação do READ, que adapta a atmosfera interior ao estado de espírito do condutor com base na leitura de dados biométricos.

O sistema recebeu o nome de Real-time Emotion Adaptative Driving (R.E.A.D.) e pretende monitorizar as expressões faciais e frequência cardíaca para apurar o estado emocional do condutor. Uma vez tiradas as conclusões, o Habaniro pretende usar a iluminação e o sistema de áudio na cabine para criar um ambiente mais relaxado.

A fabricante não adianta quando pretende começar a produzir o Habaniro mas, ainda assim, deixou a ideia que o pretende fazer no futuro. “Algumas pessoas vão assumir que o ‘concept’ do Habaniro nunca será construído mas não aconselhamos que apostem nisso”, aponta a Kia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,22 abr 2019 10:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 abr 2019 10:09

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.