Vem aí o início de uma transformação na Lexus

PorExpresso das Ilhas,12 abr 2021 7:48

LF-Z é um supercarro que abre as portas a um novo conceito, sendo o primeiro Lexus a utilizar uma plataforma eléctrica exclusiva.

Esta é uma proposta da Lexus para o futuro. O primeiro veículo da marca a utilizar uma plataforma dedicada a elétricos ou eletrificados, é um desafio para projectos futuros, onde o design e as novas tecnologias irão estar de braço dado. O protótipo LF-Z agora apresentado é “apenas” uma base sólida para diversos desenvolvimentos.

Estreia mundial do LF-Z Electrified, um concept de veículo eléctrico que apresenta a nova visão Lexus e o que a marca pretende alcançar com a electrificação. A Lexus prepara-se para acelerar o desenvolvimento de novos veículos que satisfaçam as diferentes necessidades, um pouco por todo o mundo. 

Até 2025, serão introduzidos ou renovados vinte modelos, incluindo veículos eléctricos a bateria, veículos eletrificados com a tecnologia híbrida e híbridos plug-in, numa ampla gama de produtos. A marca vai reunir as suas equipas de tecnologia, design e planeamento num novo centro de negócios e tecnologia em Shimoyama, no Japão, onde alcançará rapidamente um ágil desenvolvimento de novos veículos.

O LF-Z Electrified faz a antevisão do futuro da Lexus no que toca ao design, à condução e às tecnologias avançadas que vão integrar os novos modelos de 2025. O recurso a uma plataforma 100% eléctrica dedicada é um passo fundamental para alcançar o objetivo Lexus Electrified de utilizar a tecnologia de electrificação para alcançar uma evolução significativa no desempenho básico do veículo. 

O novo sistema de controlo de tração às quatro rodas Direct4 também diferencia o conceito dos veículos convencionais. Ao combinar as tecnologias de electrificação, com o controlo de movimento que desenvolveu ao longo dos anos, a Lexus procura uma experiência de condução que reforça e melhora a ligação directa ao condutor.

A carroçaria exterior foi esculpida de forma acentuada, realçando o apelo emocional e a colocação do motor eléctrico de alta potência na parte traseira contribui para um desempenho dinâmico e ágil. O interior é um espaço amplo e minimalista. A inteligência artificial do veículo serve-se do diálogo com o condutor para aprender as suas preferências pessoais e detectar comportamentos, permitindo que faça sugestões úteis, como o fornecimento de pormenores sobre a orientação da rota e informações sobre o destino. Irá reforçar, também, a tranquilidade do condutor ao considerar questões de segurança durante a viagem.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,12 abr 2021 7:48

Editado porAndre Amaral  em  12 abr 2021 7:48

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.