Maior barragem em construção da Colômbia vai ser evacuada

PorExpresso das Ilhas, Lusa,29 mai 2018 8:05

As autoridades colombianas ordenaram a retirada de todos os funcionários da maior barragem hidroeléctrica em construção no país, uma medida de "prevenção e segurança", na sequência de um movimento de terras numa das encostas junto à infraestrutura.

"Esta anomalia, detectada pelos sistemas de controlo, não provocou um deslizamento de terras ou danos em outras frentes de trabalho e, portanto, nenhum prejuízo aos trabalhadores", declarou, na segunda-feira, o grupo Empresas Públicas de Medellín (EPM), encarregado do projecto.

No início de Maio, um deslizamento de terra bloqueou um túnel de desvio do rio Cauca, o segundo maior do país e que vai alimentar esta hidroelétrica, levando o lago da barragem a começar a encher, quando o dique ainda não estava concluído. 

Desde o início deste deslizamento, a 12 de Maio, 25.234 pessoas, principalmente agricultores, foram retiradas para áreas seguras.  

A construção da barragem de Ituango (noroeste), destinada a cobrir um quinto das necessidades de energia da Colômbia, começou em 2010, com um custo que ascende a três mil milhões de dólares.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,29 mai 2018 8:05

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  29 mai 2018 8:05

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.