Greenpeace diz que é "lamentável e perigoso" retoma à caça da baleia no Japão

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 dez 2018 15:16

A organização não-governamental (ONG) Greenpeace considera “lamentável e perigosa” a decisão do Japão de abandonar a Comissão Baleeira Internacional (CBI) e retomar a caça destes cetáceos nas suas águas territoriais a partir de Julho de 2019.

A declaração foi feita à agência EFE pela bióloga e coordenadora para a área da biodiversidade da Greenpeace Espanha, Pilar Marcos, que define o anúncio do governo nipónico como “algo já temido” pela organização e “um retrocesso em todas as iniciativas de conservação de cetáceos, reguladas pela moratória sobre caça comercial da baleia desde 1986”, e materializadas na CBI, criada para a conservação das baleias e o controlo da caça.

“O Japão procurou sempre artimanhas para continuar a caçar baleias”, criticou a bióloga, explicando que, sob o pseudónimo de “caça científica”, os baleeiros foram pouco a pouco acabando com estes animais para outros usos.

O anúncio do Governo de Tóquio representa um “triplo perigo” para estes animais, uma vez que se desconhecem as quotas de pesca que o Japão fixará, “ao não estar já sob a salvaguarda de um organismo internacional”, dificultará o estudo das baleias, “das quais se sabe muito pouco ao viverem em mar aberto”, e se pode produzir um “efeito bola de neve sobre os países que as caçaram historicamente, como a Noruega e a Islândia”, advertiu Marcos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 dez 2018 15:16

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 jun 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.