Catorze mortos em ataque de milícias na República Democrática do Congo

PorExpresso das Ilhas, Lusa,19 set 2019 7:49

​Catorze pessoas morreram e quatro ficaram feridas num ataque de milícias contra uma aldeia na região de Ituri, no leste da República Democrática do Congo (RDCongo), que tem sido alvo de violência nos últimos meses.

“Conseguimos contar 14 corpos de civis e ainda quatro feridos que foram transportados ao hospital, depois do ataque à aldeia de Ngaddu, em Ituri”, disse Désiré Malo, responsável local.

O número de vítimas mortais foi confirmado pela administração do território de Djugu, na região de Ituri, solicitando que o exército tome medidas para proteger a população.

O porta-voz do exército na região, tenente Jules Tshikudi, referiu que os agressores estão a ser perseguidos.

Região rica em ouro, Ituri é palco de violência há semanas. Em junho, 160 pessoas foram mortas e mais de 300.000 fugiram da violência de uma milícia local, segundo dados oficiais das autoridades.

No final de 2017 e início de 2018, o território de Djugu foi abalado pela violência entre comunidades, resultando em dezenas de mortes e milhares de refugiados no Uganda, no outro lado do lago Alberto.

Ituri já tinha sido palco de conflitos entre as comunidades de pastores e comunidades de agricultores que mataram dezenas de milhares de pessoas entre 1999 e 2003 nesta província fronteiriça do Uganda e do Sudão do Sul.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,19 set 2019 7:49

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  7 jun 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.