Covid-19: África passa os 20 mil mortos em mais de 957 mil casos

PorExpresso das Ilhas, Lusa,3 ago 2020 10:08

África passou hoje a barreira dos 20 mil mortos devido à COVID-19, registando mais de 957 mil infectados, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de mortos é de 20.288, mais 368 nas últimas 24 horas, enquanto o de infectados é de 957.035, mais 12.585.

O número de recuperados é hoje de 611.957, mais 9.379 nas últimas 24 horas.

O maior número de casos e de mortos de COVID-19 continua a registar-se na África Austral, com 535.720 infectados e 8.872 óbitos.

Nesta região, a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 511.485 infectados e 8.366 óbitos.

A região da África do Norte, a segunda mais afectada pela pandemia, tem agora 162.495 infectados e 6.754 mortos e na África Ocidental, o número de casos subiu para 130.189, com 1.931 vítimas mortais.

Já na região da África Oriental, registam-se 79.703 casos e 1.790 mortos, enquanto a região da África Central contabiliza 48.928 casos e 941 mortos.

O Egipto é o segundo país com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, contabilizando 94.483 infectados e 4.865 óbitos, seguindo-se a Argélia, que conta hoje com 30.909 casos e 1.218 vítimas mortais.

Entre os cinco países mais afectados, estão também a Nigéria, que regista 43.841 infectados e 888 óbitos, e o Sudão, com 11.738 casos e 752 vítimas mortais.

Em relação aos países africanos que têm o português como língua oficial, Cabo Verde lidera em número de casos (2.547 casos e 24 mortos), seguindo-se a Guiné-Bissau (1.981 casos e 26 mortos), Moçambique (1.946 casos e 13 mortos), Angola (1.199 infectados e 55 mortos) e São Tomé e Príncipe (871 casos e 15 mortos).

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 4.821 infectados e 83 óbitos.

O primeiro caso de COVID-19 em África surgiu no Egipto em 14 de Fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro.

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infectou mais de 18 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,3 ago 2020 10:08

Editado porAndre Amaral  em  18 abr 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.