Primeiro-ministro libanês diz que o país vive “verdadeira catástrofe”

PorLusa, Inforpress,5 ago 2020 8:06

O primeiro-ministro libanês afirmou hoje que o país está a viver “uma verdadeira catástrofe” e voltou a pedir a ajuda de todos os países e amigos do Líbano após as explosões de terça-feira em Beirute.

Num breve discurso transmitido pela televisão hoje de manhã, Hassan Diab reiterou a promessa de encontrar e punir os responsáveis pelas duas explosões, que fizeram pelo menos 100 mortos e mais de 4.000 feridos.

Na capital libanesa continua a ver-se fumo a sair da zona do porto.

As principais ruas do centro da cidade estão cheias de destroços e veículos destruídos e as fachadas dos prédios estão danificadas.

O responsável da Cruz Vermelha libanesa George Kettaneh elevou hoje o balanço do desastre para pelo menos 100 mortos e 4.000 feridos e avisou que os números ainda podem subir.

As duas violentas explosões que ocorreram ontem podem ter tido origem em materiais explosivos confiscados e armazenados há vários anos, disse um oficial de segurança libanês.

Segundo um canal televisivo do país, o material armazenado era nitrato de sódio, um composto químico muito inflamável.

Testemunhas relataram ter visto uma estranha nuvem cor de laranja sobre o local da explosão, o que coincide com a versão da existência de nitrato de sódio entre os materiais que explodiram.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lusa, Inforpress,5 ago 2020 8:06

Editado porSara Almeida  em  20 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.