Boris Johnson em isolamento após contacto detectado por app de rastreio

PorExpresso das Ilhas,16 nov 2020 7:21

O primeiro-ministro britânico terá que ficar em isolamento profilático, de acordo com Downing Street.

Boris Johnson terá que permanecer em isolamento profilático depois de ter tido contacto com um caso positivo, confirmou este domingo o governo britânico. O alerta foi dado pela aplicação de rastreio do serviço nacional de saúde britânico (NHS), segundo indica o Guardian.

Johnson reuniu-se com um pequeno grupo de deputados durante cerca de meia-hora na quinta-feira, incluindo o deputado de Ashfield, Lee Anderson, que, posteriormente, desenvolveu sintomas da doença e testou positivo.

A Reuters escreve que o primeiro-ministro se encontra "bem" e que "não tem sintomas de Covid-19".

"Vai continuar a trabalhar a partir de Downing Street, incluindo na gestão da resposta do governo à pandemia do novo coronavírus", indicou um porta-voz do governante.

A declaração não revelou por quanto tempo Johnson planeia estar isolado, mas a orientação das autoridades de saúde do Reino Unido é que qualquer pessoa contactada pelo sistema deve ficar em quarentena durante 14 dias.

Recorde-se que Boris Johnson contraiu a infeção por novo coronavírus a 27 de Março deste ano, apresentando primeiramente sintomas ligeiros. Nessa altura, manteve-se a trabalhar em isolamento na residência oficial.

Em Abril, porém, o seu estado de saúde agravou-se devido a sintomas persistentes da Covid-19 e necessitou de hospitalização, com um período de três dias nos cuidados intensivos. Teve alta a 12 de Abril.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,16 nov 2020 7:21

Editado porAndre Amaral  em  26 nov 2020 17:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.