Covid-19: ONU critica 'stock' excessivo de vacinas nos países ricos e apela à partilha

PorExpresso das Ilhas, Lusa,29 mar 2021 7:15

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, criticou hoje o armazenamento excessivo de vacinas contra a covid-19 pelos países desenvolvidos e voltou a apelar para uma partilha com o resto do mundo, a única forma de vencer a pandemia.

“Parece-me muito preocupante o sistema muito injusto de distribuição de vacinas no mundo”, disse Guterres em entrevista difundida hoje pela televisão canadiana CBC.

“É do interesse de todos garantir o mais rápido possível e de forma equitativa que o mundo inteiro seja vacinado e que as vacinas sejam consideradas como um bem público a nível mundial”, pediu.

O secretário-geral da ONU acusou os países ricos de fazerem ‘stock’ das vacinas para além das necessidades das suas populações.

“Apelamos para os países desenvolvidos partilharem uma parte das vacinas que compraram”, disse, referindo que “em muitos casos, foram compradas mais do que as que são necessárias”.

Guterres lamentou que o sistema internacional de distribuição de vacinas Covax, de ajuda aos países mais desfavorecidos, esteja em “dificuldades”, por ‘stock’ de vacinas, limitações às exportações e por falta de fundos para o seu funcionamento.

Para o secretário-geral da ONU, a saída da pandemia depende da “possibilidade de vacinar o mais rápido possível a população mundial”, e pediu um “mecanismo impulsionado pelo G20 para pôr em prática um plano de vacinação mundial”.

Interrogado sobre a eventual adopção de passaportes de vacinação, António Guterres mostrou-se muito circunspecto, referindo que antes de qualquer decisão deve haver “uma discussão séria para garantir a equidade” da medida e garantir que existe uma “cooperação mundial eficaz sobre a forma de actuar”.

“O pior seria que uns países tivessem o passaporte e outros não. Isso seria devastador se significasse que as pessoas teriam a possibilidade de se deslocar no mundo desenvolvido, mas não no mundo em desenvolvimento”, disse.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,29 mar 2021 7:15

Editado porAndre Amaral  em  4 ago 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.