UE proíbe sobrevoos na Bielorrússia a partir da meia-noite, dizem diplomatas

PorExpresso das Ilhas,4 jun 2021 9:39

Os embaixadores da União Europeia (UE) adoptaram na sexta-feira, um plano para proibir as companhias aéreas da Bielorrússia de sobrevoar o território europeu ou pousar em aeroportos da UE, disseram três diplomatas.

De acordo com a agência Reuters, a decisão faz parte das sanções económicas mais amplas contra a Bielorrússia em resposta à aterragem forçada de um voo da Ryanair que transportava um jornalista da oposição no mês passado.

A decisão deve entrar em vigor à meia-noite no horário da Europa Central, impedindo qualquer objecção de última hora por parte dos Estados da UE antes de um prazo auto-imposto, o que não é esperado, disseram os diplomatas.

A UE também recomenda que as suas companhias aéreas evitem voar sobre a Bielorrússia, mas isso não significa uma proibição juridicamente vinculativa, de acordo com a mesma fonte.

A agência europeia de controlo de tráfego aéreo Eurocontrol disse que cerca de 400 aviões civis costumam sobrevoar a Bielorrússia todos os dias dos quais cerca de 100 são operados por companhias aéreas da UE ou britânicas.

Lufthansa, SAS, Air France, LOT, Finnair e airBaltic estão entre as transportadoras que já anunciaram que deixariam de voar sobre a Bielorrússia.

A companhia aérea nacional da Bielorrússia, Belavia, opera voos ligando a Bielorrússia a cerca de 20 aeroportos na Europa, incluindo Helsínquia, Amsterdão, Milão, Varsóvia, Frankfurt, Berlim, Munique, Paris, Roma e Viena.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,4 jun 2021 9:39

Editado porAndre Amaral  em  4 jun 2021 15:56

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.