Cerca de 160 pessoas regressam a casa em La Palma após estabilização do risco

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 set 2021 14:36

​Cerca de 160 pessoas que foram desalojadas, esta sexta-feira, na ilha espanhola de La Palma, face ao agravamento da erupção do vulcão Cumbre Vieja, já podem regressar a casa, após estabilização dos indicadores de risco.

A decisão foi tomada pela direção do Plano Especial de Proteção Civil e Atenção a Emergências por Risco Vulcânico (Pevolca), que descartou, para já, um cenário de perigo em Tajuya, Tacande de Abajo e em parte de Tacande de Arriba.

Citada pela agência espanhola Efe, a diretora do Instituto Geográfico Nacional (IGN) nas ilhas Canárias, Maria José Blanco, avançou que os indicadores de tremores sísmicos, sinais sísmicos e deformações do solo estão mais estáveis.

Contudo, o vulcão, que está activo há uma semana, continua a provocar explosões, sendo que as autoridades locais alertaram as pessoas, que moram num raio de cinco quilómetros, para ficarem longe das janelas.

O aeroporto da ilha de La Palma retomou hoje a sua atividade, depois de 24 horas encerrado devido às operações de limpeza das cinzas libertadas pelo vulcão Cumbre Vieja, adiantou a gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo, a Aeroportos Espanhóis e Navegação Aérea (AENA).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 set 2021 14:36

Editado pormaria Fortes  em  7 dez 2021 23:20

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.