Prémio Nobel da Física atribuído pelo Estudo do Papel da Humanidade no Clima em Mudança

PorExpresso das Ilhas,5 out 2021 9:53

O trabalho de Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi "demonstra que o nosso conhecimento sobre o clima assenta numa base científica sólida", disse a comissão.

O Prémio Nobel da Física foi atribuído na terça-feira a três cientistas cujo trabalho "lançou as bases do nosso conhecimento sobre o clima da Terra e sobre a forma como a humanidade o influencia".

Os vencedores foram Syukuro Manabe da Universidade de Princeton, Klaus Hasselmann do Instituto Max Planck de Meteorologia em Hamburgo, Alemanha, e Giorgio Parisi da Universidade Sapienza de Roma.

O trabalho dos três é essencial para compreender como o clima da Terra está a mudar e como o comportamento humano está a influenciar essas mudanças.

"As descobertas que estão a ser reconhecidas este ano demonstram que o nosso conhecimento sobre o clima assenta numa base científica sólida, baseada numa análise rigorosa das observações", disse Thors Hans Hansson, presidente do Comité Nobel da Física.

Sistemas complexos, tais como o clima, são muitas vezes definidos pela sua desordem. Os vencedores deste ano ajudaram a trazer compreensão ao aparente caos, descrevendo esses sistemas e prevendo o seu comportamento a longo prazo.

Até 2020, o Prémio Nobel da Física tinha sido atribuído 114 vezes a 216 laureados. Apenas tinham sido distinguidas quatro mulheres. O Prémio Nobel da Física de 2020 foi para Roger Penrose, Reinhard Genzel e Andrea Ghez pelos seus trabalhos em física dos buracos negros e nos segredos mais obscuros do Universo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,5 out 2021 9:53

Editado porAndre Amaral  em  6 out 2021 0:02

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.