Quatro soldados senegaleses mortos em combates com rebeldes de Casamansa

PorExpresso das Ilhas, Lusa,1 fev 2022 10:02

Quatro soldados senegaleses morreram e outros sete foram raptados pelo Movimento das Forças Democráticas de Casamansa (MDFC) durante confrontos ocorridos em Janeiro na Gâmbia, disseram fontes militares de Dacar.

Quatro soldados senegaleses morreram e outros sete foram raptados pelo Movimento das Forças Democráticas de Casamansa (MDFC) durante confrontos ocorridos em janeiro na Gâmbia, disseram fontes militares de Dacar.

De acordo com um comunicado do Exército do Senegal, no passado dia 27 de Janeiro, três soldados morreram durante os combates sendo que um quarto militar que tinha ficado ferido não resistiu aos ferimentos.

O balanço anterior relativo aos últimos combates entre as forças do Senegal e membros do MDFC referia dois soldados mortos e nove militares desaparecidos.

Os militares senegaleses integram a missão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental na Gâmbia tendo-se registado em Janeiro confrontos com o MDFC.

Os rebeldes lutam há 40 anos pela independência de Casamansa, província do sul do Senegal que faz fronteira com a Guiné-Bissau.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,1 fev 2022 10:02

Editado porAndre Amaral  em  23 out 2022 23:27

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.