"Governo não pode falhar na organização das legislativas" - PR da Guiné-Bissau

PorExpresso das Ilhas, Lusa,4 fev 2023 13:55

​O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, afirmou hoje que o Governo “não pode falhar” na organização das próximas eleições legislativas, marcadas para 04 de junho. O chefe de Estado dissolveu a Assembleia Nacional em Maio de 2022.

O chefe de Estado falava no Palácio da Presidência, em Bissau, durante a apresentação de cumprimentos de Ano Novo pelo poder legislativo, poder executivo, chefias militares, governadores regionais e presidente da Câmara Municipal de Bissau.

“As próximas eleições legislativas são um teste desde logo à capacidade organizativa do Governo e o executivo não pode falhar esses desafios e também um teste à maturidade cívica dos guineenses, um desafio à nossa sociedade civil”, disse Umaro Sissoco Embaló.

O Presidente guineense destacou também que é preciso as Forças Armadas do país continuarem a desenvolver uma “cultura de valores essenciais” que lhe são próprios e “disciplina e respeito escrupuloso pela hierarquia”, salientando que é uma tarefa permanente e se não houver aquela cultura deixará de haver certamente instituição militar.

“Como comandante supremo das Forças Armadas, renovo o meu compromisso de tudo fazer para que as nossas Forças Armadas estejam cada vez mais capacitadas para a defesa da nossa soberania, do Estado de Direito democrático e da Constituição e dos seus valores”, disse.

O Presidente guineense recebe ainda hoje cumprimentos da sociedade civil, entidades religiosas, personalidades ligadas às artes e desporto, dos funcionários da Presidência da República e do corpo diplomático, consular e organismos internacionais acreditados no país.

O chefe de Estado dissolveu a Assembleia Nacional em Maio e marcou eleições legislativas para 18 de Dezembro, mas o Governo, após encontros com os partidos políticos, propôs que fossem adiadas para Maio. Umaro Sissoco Embaló remarcou as eleições para 04 de junho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,4 fev 2023 13:55

Editado pormaria Fortes  em  4 fev 2023 13:58

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.