Síria acusa Israel de atacar aeroporto que recebe ajuda humanitária

PorExpresso das Ilhas, Lusa,7 mar 2023 8:41

A Síria acusou hoje Israel de ter atacado com mísseis o Aeroporto Internacional de Aleppo, que foi desactivado para aí aterrarem aviões com ajuda internacional destinada às vítimas dos sismos, informou a agência de notícias síria SANA.

"Às 02:07 [22:07 de segunda-feira em Cabo Verde], o inimigo israelita realizou um ataque aéreo com mísseis desde o Mar Mediterrâneo contra o aeroporto de Aleppo, que causou danos materiais", disse à SANA uma fonte militar não identificada.

A província de Aleppo, no noroeste, foi uma das mais atingidas pelos terramotos de 06 de Fevereiro e o aeródromo que serve a capital da província recebeu parte da ajuda humanitária enviada pela comunidade internacional.

"A agressão ocorre no meio de uma situação catastrófica que esta província síria vive, como resultado dos terramotos que a sacudiram, no dia 06 de Fevereiro. Aviões de ajuda humanitária destinados aos afectados pousam neste aeroporto", denunciou.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, uma Organização Não-Governamental (ONG) com sede no Reino Unido e uma ampla rede de colaboradores no terreno, confirmou a acção israelita, em comunicado, e lembrou que o Aeroporto Internacional de Aleppo foi alvo de outro ataque com mísseis no ano passado.

Na ocasião, o impacto causou danos materiais significativos e obrigou à suspensão temporária do tráfego aéreo, segundo a nota.

Este é o quarto ataque deste tipo lançado pelas forças israelitas este ano.

O Estado judeu costuma atacar o território sírio com relativa frequência, considerando a presença de grupos armados libaneses uma ameaça à sua segurança.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,7 mar 2023 8:41

Editado porAndre Amaral  em  24 nov 2023 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.