Abbas agradece a decisão corajosa de países reconhecerem a Palestina

PorExpresso das Ilhas, Lusa,28 mai 2024 7:55

O presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, agradeceu hoje o reconhecimento oficial da Palestina por parte de três países europeus, uma decisão que qualificou de corajosa e que demonstra um consenso internacional para pôr fim ao conflito na Faixa de Gaza.

"A Presidência Palestiniana saúda as corajosas e ousadas posições políticas europeias, especialmente aquelas adoptadas pela Espanha, Irlanda e Noruega que reconheceram o Estado da Palestina", disse hoje Abbas num comunicado divulgado pela agência de notícias oficial palestiniana Wafa.

Espanha, Noruega e Irlanda comprometeram-se a reconhecer formalmente a Palestina como Estado a partir de hoje, juntando-se a mais de 140 países que já o fizeram em todo o mundo num momento em que Israel tem em curso, desde Outubro, uma ofensiva militar na Faixa de Gaza.

O conflito foi desencadeado pelo ataque do grupo islamita Hamas em solo israelita de 07 de Outubro de 2023, que causou cerca de 1.200 mortos e duas centenas de reféns, segundo as autoridades israelitas.

Desde então, Israel lançou uma ofensiva na Faixa de Gaza que provocou mais de 36.000 mortos e uma grave crise humanitária, segundo o Hamas, que governa o enclave palestiniano desde 2007.

O Governo israelita condenou Espanha, Irlanda e Noruega, argumentando que estes países enviam a mensagem aos palestinianos de que "o terrorismo compensa", numa referência ao grupo islamita Hamas.

Posteriormente, e depois de um protesto formal junto dos embaixadores dos três países, Telavive garantiu que existiriam "consequências ainda mais graves".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,28 mai 2024 7:55

Editado porAndre Amaral  em  19 jul 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.