COVID-19: Mais um caso positivo em Cabo Verde

Sistemas

PorCândido Mascarenhas,12 fev 2020 6:11

Principalmente nos E.U.A, de vez em quando, alguém revoltado contra o sistema, sobe a um prédio e começa a atirar indiscriminadamente, suicidando-se depois, quando não é entretanto, abatido.

Explica-se o comportamento, mas não consigo compreendê-lo.

Nas nossas repartições, ficou normal ficar tudo parado ou quase isso. E EXPLICAM que não há sistema, ou está muito lento. Repetindo-se muitas vezes, dias seguidos.

Num dos maiores bancos da capital, avariou-se o sistema de senhas numeradas com um placard indicativo e chamamento automático, estiveram um ano colocando os clientes nas filas de atendimento e chamando: a seguir! Nos outros que nunca tiveram esse placard, e muitas vezes nem senhas têm para a gente tirar, pois só dizem: quem está a seguir?

Possuo dois apartamentos em prédios diferentes e que se encontram desocupados. Os dois possuem ligação à rede de água há anos. Sabendo da burocracia horrível em obter uma nova ligação e podendo precisar a qualquer momento de um deles, preferi não fazer a rescisão ou suspensão do contrato. Entendi ficar pagando a taxa mínima mensal. Os contadores são interiores mas perfeitamente acessíveis, sendo um deles no rés-do-chão, com mais cinco contadores dos outros apartamentos e o outro, num 3º andar ao lado de um outro, do apartamento vizinho. Para melhor segurança, fechei as torneiras de corte, chegando mesmo, no do rés-do-chão, a tirar o punho da torneira, evitando que alguém cheio de boas intenções a abrisse e provocasse inundações ou pura perda de água por ter ficado alguma torneira aberta por distracção.

image

Com a entrega do serviço à ADS, e pelas tabelas de preços, fiz as contas e iria pagar nos meses de 30 dias (supondo a leitura mensal e numa data fixa) 331$ e nos meses de 31, pagaria 343$00. Numa média de 337$ mensal. Mas com a ADS, mesmo fazendo a leitura, passaram a cobrar de vez em quando, uns consumos por estimativa, mas sempre exagerados, do estilo vingança por não ter consumido.

E foi assim que, duma 1ª vez cobraram-me 10 toneladas. Reclamei, e explicaram-me que o contador estava no interior e teve de ser por estimativa sem eu poder compreender porque não acreditaram na leitura feita pelo funcionário e o vizinho não ter sido cobrado também por estimativa. E a pessoa que me atendeu, explicou-me que deveria pagar evitando juros e que depois iriam deduzir o excesso nas facturas seguintes ficando tudo explicado.

E eu acreditei, e toca a pagar 3.973$00, o que, pelas minhas contas, ficaria livre por mais de 10 meses. Mas poucos meses depois, aplicaram-me outra dose, que o crédito não cobria. Vieram mais explicações, sem eu compreender porque, tendo crédito superior à factura se não fosse a um posto de cobrança no prazo, para receber uma nota de crédito, iriam cobrar-me juros.

Explicaram, mas nunca irei compreender.

E entendi pedir a substituição do contador em que supunha eu, não acreditavam. Pedido recusado porque o contador era antigo. Mas trocaram-me o contador antigo do outro apartamento, sem eu ter pedido, sem me deixarem um aviso, e deixando a torneira de corte aberta com uma leitura de consumo de 5 toneladas de água desperdiçadas, e que vou ter de pagar sem nenhum direito a reclamação.

Desta vez, nem houve explicação e exigiram que fizesse as leituras e entregar, se possível com fotografia dos contadores.

Como não tenho telefone celular nem máquina fotográfica, pedi a um amigo esse favor. Nova recusa porque a entrega da leitura tem de ser exactamente no dia do até, que diz a factura: Se o desejar pode comunicar-nos a sua leitura até ao dia X. Mas recebo sempre a factura depois do prazo, ou não chego mesmo a recebê-la. E não me explicam a utilidade desse ATÉ que deve ser substituído por NO. Calhando o dia do até num domingo, ou feriado, a pessoa é obrigada a enviar a leitura por email. E sou obrigado a pedir a alguém que me faça esse favor: FIQUEI SEM REDE!

Farto desta situação, entendi pedir a suspensão com toda a documentação:

- Não é conveniente, porque o senhor ainda tem um crédito e vai perdê-lo.

- Mas eu quero a devolução ou transferência do crédito para outra conta!

- Não devolvemos o crédito, nem transferimos para outra conta.

E FICOU TUDO EXPLICADO SOBRE ESTE SISTEMA! 


Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 949 de 5 de Fevereiro de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Cândido Mascarenhas,12 fev 2020 6:11

Editado porSara Almeida  em  12 fev 2020 6:11

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.