Epidemia de carrapato em São Nicolau: criadores aflitos pedem intervenção do Governo

PorFretson Rocha,14 nov 2017 15:38

1

Uma epidemia de carrapatos está a dizimar o gado na ilha de São Nicolau, com criadores que já perderam metade dos animais, alertaram hoje os próprios criadores.

O porta-voz, Graciano Silva, em entrevista à Rádio Morabeza, diz que a praga já se alastrou.

 

“Segundo alguns criadores, já estão perdidos mais de metade dos animais, sobretudo vaca, carneiro, cabras, que são os mais atacados. Esse carrapato estava mais localizado numa determinada zona, no campo, mas neste momento consideramos que já se alastrou por todo o concelho e tudo leva a crer que já está nos arredores das casas”, alerta.

Graciano Silva afirma que a presença de carraças nos animais não é de agora, mas nos últimos tempos apareceu um novo tipo que ataca o gado de forma agressiva, até à morte. Sem apoio do Ministério da Agricultura e Ambiente, os criadores estão a tentar combater o parasita com medicamentos caseiros.

“Numa situação de desespera, estão a apanhar qualquer veneno para tratar os animais, inclusive alguns ficam com problemas de pele, dado as esse produtos que estão utilizar, sem saber realmente do que se trata”, diz.

José Alves é um criador, em Juncalinho, Ribeira Brava. Com 77 anos de idade, diz que nunca viu uma epidemia do género.

“Nunca vi uma situação idêntica. Há uma grande variedade de carrapato. Existe um pequeno que entra no corpo do animal e não é possível retira-lo. Existem outros grandes de cor branca ou azul. É uma trapalhada, não conseguimos perceber”, realça.

Perante este cenário, o representante dos criadores de gado, que também é enfermeiro, alerta para a possibilidade de a situação colocar em causa a própria saúde pública. Por isso, pede intervenção urgente do Governo.

“Alertamos ao Ministério da Agricultura e Ambiente para dirigirem-se ao terreno para informar qual a real situação, tomarem medidas e fazerem estudos, se realmente isso vai nos afectar e ver formas de o conter para que não chegue nas nossas casas e para não perdermos o nosso efectivo e colocar em causa o modo de vida", apela.  

Ribeira Brava será o município mais afectado pela epidemia.

Até ao momento, apesar de várias tentativas, não foi possível obter uma posição da delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente em São Nicolau.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha,14 nov 2017 15:38

Editado porAndré Amaral  em  14 nov 2017 17:08

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site