Missão Cirúrgica italiana recupera visão a pacientes no Hospital Baptista de Sousa

PorExpresso das Ilhas,6 jan 2018 6:32

​Mais de 110 pacientes já foram submetidos a intervenções cirúrgica em oftalmologia no Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente, nos primeiros quatro diasdesta II Missão Cirúrgica, promovida pela Associação de Amizade Itália-Cabo Verde Kriol-ità, numa investida que já recuperou a visão a alguns pacientes que há muito tempo tinham perdido a vista.

Iniciada na quarta-feira, 27 de Dezembro, nesta que é das maiores infraestruturas hospitalares de Cabo Verde, pretende-se com esta iniciativa operar um universo de 400 pacientes afectos de catarata até o próximo domingo, 07.

Nesta investida realizada em parceria com a Associação italiana Falcinelli e a Cruz Vermelha em São Vicente, a II Missão de Cirurgia conta com uma equipa multidisciplinar do Hospital Baptista de Sousa e o Ospital San Camilo em Roma.

De acordo com a presidente da Associação Kriol-ità, Maria Silva, para a materialização dos objectivos preconizados, a equipa médica proveniente da Itália e de Cabo Verde, está a trabalhar, de forma incansável, de modo a cumprir, de forma escrupulosa o programa previamente elaborado em concertação com o Hospital Baptista de Sousa.

Os pacientes, explica, previamente preparados pelo serviço de oftalmologia directa pela dra. Karina Mascarenhas são provenientes, essencialmente das ilhas do Barlavento, e segundo avançou Maria Silva, as consultas estão a ser vividas por momentos de grande emoção, sobretudo pelos pacientes que recuperam a visão.

Esta II Missão enquadra-se no âmbito do protocolo com o Hospital Baptista de Sousa, assinado no Mindelo em Abril último, visando promover o desenvolvimento sanitário da ilha de São Vicente, nas áreas da pediatria, neonatologia, cirurgia-geral e pediátrica, laparoscopica (diagnóstica e terapêutica) e cirurgia urológica.

A delegação desta II Missão é formada por Maria Silva (responsável), pela doutora Cristiana Vento Maria Cristina Petitti (voluntária), pelos cirurgiões oftalmologistas experientes como Vincenzo Petitti (líder da equipa médica) e Roberto Bonfili, pelo anestesista Pierluigi Margozzi, pela enfermeira Patrizia Paone e pelos técnicos para equipamentos Pietro Cannoli e Roberto Fastampa.

A equipa médica italiana fez-se de técnicos de laboratórios especializados e medicamentos apropriados para fazer face a problemáticas dos pacientes operados, o que para Maria Silva tem vindo a facilitar todo o trabalho, tendo em conta a forma como o Hospital fez todo o seu trabalho de casa em termos logístico, na criação de condições para o sucesso desta missão.

A Falcinelli Onlus goza de uma vasta experiência internacional na prevenção e tratamento da cegueira, face a profissionalização dos médicos envolvidos e aposta na sua assistência à população carenciada, quer seja italiana, quer seja estrangeira com o fim de prevenir e tratar a cegueira.

A ONG, que trabalha em regime de voluntariado e gratuitamente, está ainda ligada ao tratamento das patologias relacionadas com as alterações graves da córnea e que podem ser resolvidas, com sucesso, através da técnica cirúrgica definida osteo-odonto-queratoprótese desenvolvida pelo professor Giancarlo Falcinelli.

Constituí ainda objectivo desta colectividade a difusão da técnica cirúrgica de osteo-odontoqueratoprótese mediante processos de formação de médicos, médicos especialistas e pessoal de sala operatória e paramédicos no uso da mesma, mediante a instituição de bolsas de estudo específicas para a difusão da cultura do serviço ético às pessoas carenciadas.

A Kriol-ità nasceu há dois anos em Roma com o objectivo de reforçar as relações de amizade entre Itália e Cabo Verde no plano da cooperação descentralizada, mediante o diálogo entre instituições e a sociedade civil.

Na sua primeira missão ao arquipélago, a associação trouxe uma equipa médica que, no âmbito de cirurgias programadas, conseguiu operar mais de 20 crianças em São Vicente, com malformação orológica.


Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 839 de 27 de Dezembro de 2017. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 jan 2018 6:32

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  6 jan 2018 9:44

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.