Mais de 20 baleias morrem na costa da Ilha do Maio

PorLusa,1 fev 2018 16:43

Baleias morrem na costa da ilha do Maio
Baleias morrem na costa da ilha do MaioLusa

Mais de duas dezenas de baleias-piloto deram à costa em duas praias de Maio e acabaram por morrer repetindo episódios já ocorridos no ano passado e anteriores.

Segundo declarações da bióloga marinha Sara Ratão, da Fundação Maio Biodiversidade (FMB), foram no total 25 baleias-piloto adultas e uma cria a dar á costa norte da Ilha na tarde de ontem, quarta-feira, nas praias de Porto Cais e Praia Farol.

O alerta terá sido dado pela população, tendo os elementos da Fundação, que se dedica a proteger a fauna e a flora da ilha, acorrido de imediato aos locais onde encontraram os mamíferos já mortos. 

Os bombeiros municipais, representantes da Agência Marítima e Portuária (AMP), do Ministério da Agricultura e Ambiente e muitos curiosos também dirigiram-se ao local onde a equipa da FMD regressou na manhã de hoje para proceder á recolha de amostras e efectuar medições. 

A bióloga avançou ainda à Lusa que a equipa estaria a preparar o enterro dos cetáceos de modo a evitar que, eventualmente, sejam consumidos pela população e a putrefacção. 

Este tipo de desastre ambiental se tem repetido com alguma frequência no arquipélago, particularmente nas ilhas de Maio e Boa Vista. 

A 1 de Janeiro de 2016, 23 Baleias Pilotos com 3,7 metros foram encontradas mortas nas praias de Pedro Vaz e Gonçalo, na ilha do Maio. Também na ilha do Maio, em 2012, mais de uma centena de golfinhos deram à costa na zona de Laja Branca. Em Abril de 2015, registou-se na ilha do Sal um encalhe de 23 baleias nas proximidades da baía de Murdeira. Nessa ocasião, 17 morreram e as seis restantes conseguiram regressar a alto mar graças à ajuda das pessoas e autoridades marítimas que acorreram ao local. 

Sobre as causas por trás desse tipo de incidente, Sara Ratão disse que ainda são desconhecidas. No entanto, menciona as migrações ou o encalhe do líder do grupo como possíveis causas.  

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lusa,1 fev 2018 16:43

Editado porrendy santos  em  1 fev 2018 16:52

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.