​Embaixador dos EUA pede ajuda internacional para combate à seca

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,9 fev 2018 9:36

Donald Heflin
Donald Heflin

O embaixador dos Estados Unidos em Cabo Verde apelou ontem à ajuda da diáspora e da comunidade internacional, no sentido de acudir as famílias das zonas agrícolas face à seca e o mau ano agrícola.

Donald Heflin falava ontem à imprensa, à margem de uma visita ao concelho de São Lourenço dos Órgãos, para se inteirar da execução do Plano de Acção do Governo com vista à mitigação da Seca e do mau ano agrícola. O diplomata, que se fez acompanhar do edil,Carlos Vasconcelos, e equipa camarária, mostrou-se preocupado, tendo em conta que quando da sua última visita ao interior de Santiago, o “panorama era melhor”, conforme recordou.

O embaixador dos EUA no arquipélago reitera o apoio do seu país para fazer face ao mau ano agrícola, assegurando a intensificação de projectos que ajudem os jovens e famílias a aumentar a economia agrícola, quer em São Lourenço dos Órgãos, quer em outros municípios.

Donald Heflin, que está prestes a terminar a sua missão no arquipélago, aproveitou para deixar uma mensagem de esperança aos homens do campo.

“Vamos sobreviver, já tivemos outros maus anos agrícolas e isto representa um símbolo de maturidade e nunca desistirmos, mas sim sempre ter esperanças”, diz.

O embaixador dos Estados Unidos, que esteve na Barragem de Poilão, visitou ainda o Centro de Formação Profissional, Moinho da Associação Tradison de Terra, manteve encontro com população, e ainda fez a entrega de bolas de futebol às escolas do Ensino Básico de Levada e Longueira.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,9 fev 2018 9:36

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  9 fev 2018 9:36

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.