Feira de Cinzas com poucos produtos e preços altos

PorDulcina Mendes,13 fev 2018 10:58

Este ano, devido à seca e ao mau ano agrícola, os produtos estão em menor quantidade na feira de cinzas. Em sentido contrário, os preços estão mais altos, como seria de esperar. Fomos até à várzea comprar os ingredientes para o almoço de quarta-feira.

A Feira de Cinzas decorre em frente ao Estádio da Várzea, nos dias 12 a 14, segunda a quarta-feira, com produtos típicos, como peixe seco, couve, mandioca, batata-doce e inglesa, e mel.

O evento é realizado todos os anos pela Câmara Municipal da Praia, com o objectivo de preservar a tradição da ilha de Santiago.

Conforme o vereador da Cultura, António Lopes da Silva, este ano a Feira de Cinzas acontece em frente ao Estádio da Várzea, visto que frente ao memorial Amílcar Cabral estão a decorrer obras da Câmara Municipal.

As feirantes queixam-se de pouca quantidade de produtos para vender. Santa Tavares explica que este ano houve aumento de alguns produtos, como batata-doce, mandioca, peixe, coco, tomate e pimentão. A couve está por 100 escudos, tomate 200, mandioca 240 e batata-doce 240. Quanto ao mel, o preço está igual ao ano passado. Já o peixe seco está um quilo por mil escudos, o que, para Ivete Moniz, se deve ao facto do peixe estar em pequena quantidade.

Em relação ao espaço, as feirantes mostraram-se satisfeitas, justificando que ali não há muita poeira e o lugar é mais adequado para esse tipo de evento.

Acompanhe a reportagem realizada pela Rádio Morabeza na Feira de Cinzas

Produto turístico

A Festa de Cinzas é uma das festas mais tradicionais da ilha de Santiago. A câmara municipal da Praia quer mesmo transforma-la num produto turístico. A informação foi revelada pelo vereador da Cultura, António Lopes da Silva, na passada sexta-feira, em conferência de imprensa.

Desde de 2008, que a Câmara Municipal da Praia tem estado a realizar a Festa de Cinzas. Este ano, o evento acontece esta quarta-feira, dia 14, e terá a participação de nove restaurantes da capital, Beramar Gril, Bica D`Areia, Djila, Ipanema, Kebra Cabana, O Poeta, Panorama, Pescador e Plaza Park.

Depois de toda a folia do Carnaval, celebra-se a Festa de Cinzas, um dia marcado no calendário dos católicos como o início do Quaresma. O dia é de jejum, mas na ilha de Santiago onde a tradição é muito forte, quarta-feira de cinzas é um dia de muita fartura. É nesse dia que as famílias se reúnem para o tradicional almoço de cinzas.

Segundo António Lopes da Silva, desde o ano passado, a edilidade praiense tem estado a realizar o evento em parceria com a Rank CV e a agência de viagens Novatur.

“Nos anos anteriores, a Festa de Cinzas acontecia na Rua Pedonal mas, desde o ano passado, a Câmara Municipal decidiu, juntamente com esses dois parceiros, desenhar outro formato para o evento, com vontade de o transformar num produto turístico”, frisou.

Cada restaurante vai preparar os pratos típicos de cinzas como peixe seco, caldeirada de peixe com legumes, xerém, cuscuz com mel. Durante horário do almoço será realizado um inquérito em cada restaurante para saber a avaliação dos clientes, segundo critérios definidos previamente.

Haverá uma comissão de júri formado por elementos da Câmara Municipal da Praia, Rank CV e Novatur que vão fazer a avaliação dos restaurantes segundo os seguintes critérios: apresentação de pratos, quantidade, higiene, sabor e atendimento. De acordo com o regulamento, as respostas dos clientes têm o peso de 60 por cento e o jurados 40 por cento.

Ângela Silva, da Novatur, avança que no próximo ano, por essa época, espera receber muitos turistas. “Como a gastronomia em Cabo Verde é muito forte, vamos pegar nesse produto e promovê-lo lá fora. No próximo ano queremos receber vários turistas e, neste sentido, é que estamos a apostar vivamente e já temos todas as condições criadas e de certeza que será um produto de grande valor”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,13 fev 2018 10:58

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 fev 2018 10:58

pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.