Professores querem voltar a debater estatuto profissional

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,16 abr 2018 12:59

Atraso nas requalificações, progressões e subsídios de redução de carga horária dos professores de Ensino Básico Integrado. Alguns do problemas citados pela presidente do Sindicato Democrático dos Professores, durante a apresentação do plano de actividades em comemoração ao Dia do Professor, que se assinala a 23 de Abril.

Lígia Herbert diz é preciso debater o estatuto dos professores.

"Temos o problema que é do próprio estatuto, que é preciso ser debatido e é isso que vamos fazer no dia 20, que é o ponto alto do programa de actividades, onde, de forma desapaixonada, apartidária, vamos colocar [em cima da mesa] todos os artigos que têm interpretações dúbias, onde o professor acha que está a ser injustiçado. É preciso pedir a renegociação do estatuto", explica.

A sindicalista alerta que os educadores e a própria sociedade devem reflectir sobre o Dia do Professor e reconhecer o papel do docente, como agente activo no desenvolvimento da sociedade.

“A própria sociedade civil, no geral, deve reflectir para juntos encontrarmos fórmulas ou medidas eficazes e eficientes para alguma superação, reconhecendo o papel do professor como elemento preponderante da sociedade e agente activo no desenvolvimento. O nosso ensino cresceu significativamente, o pais não está estático, pelo contrário, nota-se que há um progresso do sistema de ensino educativo, mas é preciso que a dignidade da classe seja resgatada”, avança.

As actividades em comemoração ao Dia do Professor, promovidas pelo Sindicato Democrático dos Professores, decorrem de 16 a 23 de Abril, em todas as ilhas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,16 abr 2018 12:59

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 abr 2018 6:57

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site