Governo constrói casas de banho em escolas da Praia com dinheiro do Luxemburgo

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,24 ago 2018 7:39

1

​Ministério da Educação vai construir casas de banho nalgumas escolas de Ensino Básico na Praia, num projecto avaliado em 22 mil contos obtidos de um financiamento da Cooperação Luxemburguesa.

Segundo Adriano Moreno, citado pela Inforpress, o ME levou a cabo, juntamente com a Águas de Santiago (ADS), um levantamento das escolas que não tinham acesso à agua nem casas de banho para receber esta intervenção e melhorar as condições sanitárias.

“São escolas que ficam nas zonas periferias e que tinham essa dificuldade, principalmente falta de água. As escolas da Bela Vista, de São Tomé e a de São Francisco já têm água neste momento. Mas há outras que ainda tem esse tipo de problema,” explicou Moreno.

A intervenção vai custar 22 mil contos, parte de um financiamento superior a 3 milhões de euros disponibilizado ao Ministério da Educação pela Cooperação Luxemburguesa, em Março deste ano, para reabilitar uma centena de escolas básicas em todo o país.

A encarregada de Negócios da Embaixada do Grão-Ducado de Luxemburgo em Cabo Verde, Angéle da Cruz, defendeu na altura que o acesso à água e a casas de banho dignos é um direito de todos. Por isso o Luxemburgo tem vindo a trabalhar com o Governo no sentido de garantir que pelo menos 100 escolas primárias de Cabo Verde reúnam às condições necessárias.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,24 ago 2018 7:39

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  25 ago 2018 8:37

1

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.