Tens até 32 anos e queres trabalhar na ONU? Esta é a tua oportunidade

PorExpresso das Ilhas, ONU News,15 abr 2019 15:12

As Nações Unidas divulgaram a lista de países que farão parte da edição deste ano do Programa de Jovens Profissionais da ONU, YPP na sigla em inglês. Quase todos os países lusófonos foram contemplados, sendo Portugal a única excepção.

Cidadãos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste podem concorrer ao exame de 2019 que culmina com o recrutamento e selecção desde que tenham menos de 32 anos.

Os requisitos de participação incluem ser fluente em inglês ou em francês e ter concluído um curso universitário.

O YPP é, actualmente, o maior programa de contratação do Sistema das Nações Unidas e a única oportunidade para jovens profissionais com pouca experiência conseguirem uma posição na organização como funcionário permanente.

Dependendo das necessidades das Nações Unidas, os jovens são convidados a candidatarem-se a diferentes "famílias de empregos", com diferentes responsabilidades, locais e requisitos.

O processo de recrutamento de selecção para o YPP da ONU consiste em três etapas: fase de candidatura, exame escrito e entrevista.

Os candidatos que passarem por essas etapas são reconhecidos como “bem-sucedidos” e passam a integrar a “Lista de Jovens Profissionais das Nações Unidas.”

Todas as novas vagas de emprego para cargos profissionais de nível de entrada no Secretariado das Nações Unidas, P-1 e P-2, são preenchidas apenas com os candidatos seleccionados por este programa.

A Organização oferece um contrato a prazo, com a duração de dois anos, no início de sua carreira profissional e, no caso de o seu desempenho ser satisfatório, recebe um contrato contínuo, para desenvolver a sua carreira nas Nações Unidas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, ONU News,15 abr 2019 15:12

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  16 abr 2019 8:09

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.