ABICV arranca campanha de conservação de tartarugas marinhas em São Nicolau

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,11 jun 2019 7:51

​A Associação de Biólogos e Investigadores de Cabo Verde (ABICV) procedeu segunda-feira à abertura do projecto de conservação e monitorização das tartarugas marinhas em São Nicolau – o Projecto TARSAN 2019.

Em declarações à Inforpress, a coordenadora técnica do projecto, Heidy Medina, disse que este ano a equipa pretende expandir a actuação de conservação e monitorização da actividade reprodutora da tartaruga comum para os dois municípios da ilha.

Segundo a responsável, o concelho de Tarrafal é onde acontece a maioria das desovas, mas as praias do município da Ribeira Brava possuem características favoráveis para a nidificação, o que justifica a recolha de dados.

À semelhança do ano passado, o projecto vai apostar na formação e capacitação de jovens para a educação ambiental, sensibilizando-os para as principais ameaças humanas e naturais que afligem a população de tartaruga comum na ilha de São Nicolau.

Outras actividades serão desenvolvidas durante o decorrer do projecto, englobando prospecções nas praias de desova, campanhas de limpeza, marcação e medição de fêmeas.

O projecto, que terá uma duração de sete meses é financiado pelo Fundo de Ambiente e a Direcção Nacional de Ambiente (DNA) e conta com a parceria das câmaras municipais do Tarrafal e Ribeira Brava.

São Nicolau é a quarta ilha com maior número de desovas por apresentar características favoráveis para a nidificação.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,11 jun 2019 7:51

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  11 jun 2019 7:51

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.