Requalificação do largo do memorial Amílcar Cabral custou cerca de 32 mil contos

PorInforpress, Expresso das Ilhas,6 jul 2019 9:41

Projecto
ProjectoCMP

A Câmara Municipal da Praia (CMP) inaugurou na tarde de 5 de Julho a requalificação do largo do memorial Amílcar Cabral, obras que custaram cerca de 32 mil contos, visando dar uma maior dignidade à estátua de Amílcar Cabral.

A infra-estrutura, localizada de frente para a Avenida Cidade de Lisboa e ao lado da Biblioteca e do Auditório Nacional passou a contar com internet gratuita, parque infantil, passeios, assentos, um palco para acolher actividades culturais e um extenso espaço verde (de relva sintética).

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Óscar Santos, tudo foi feito com objectivo de dar maior dignidade à estátua de Amílcar Cabral, aí localizado e criar mais um espaço de lazer na capital do país.

“A estátua estava sozinha, praticamente sozinha e o espaço quase não era frequentado. A partir de agora com essas infra-estruturas vai ser mais frequentado com certeza. Temos aqui um espaço verde que a Praia precisa”, disse realçando o facto dessa inauguração acontecer no Dia da Independência Nacional.

“O momento não podia ser melhor”, salientou o edil praiense que espera uma conjunção de esforços para que o espaço esteja sempre limpo e atractivo para o bem dos munícipes da cidade da Praia.

O acto de inauguração foi presidido pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva. O chefe do Governo considera que essas obras realizadas pela autarquia acabaram por valorizar o memorial Amílcar Cabral e toda a zona circundante.

“Dá maior dignidade e maior qualidade ao espaço e cria-se também uma nova centralidade para a cidade da Praia, o que é muito bom. Depois acontece num dia muito especial”, disse, indicando que o espaço pode também ser uma referência para os turistas, já que Amílcar Cabral é uma referência histórica importante para Cabo Verde.

A par da inauguração das obras de requalificação foi também inaugurado dentro do memorial um monumento, com uma maquete da Fragata Byvalyi, em gratidão à tripulação da Fragata Byvalyi e o seu comandante Yuri Grigorievich Ilyny.

Segundo consta da placa, em 1970 a União Soviética decidiu basear a Fragata Byvalyi em Conakri a fim de prevenir uma segunda invasão dos colonos portugueses contra a Guiné Conakri e contra o movimento de libertação nacional da Guiné-Bissau e Cabo Verde, liderado por Amílcar Cabral.

Esse barco, conforme adiantou o presidente da Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria, Carlos Reis, que esteve também em representação da Fundação Amílcar Cabral, foi fundamental em salvar a vida de Aristides Pereira depois da morte de Amílcar Cabral

O momento foi ainda marcado pela homenagem da CMP a três personalidades pelo contributo dado ao desenvolvimento do município da Praia designadamente Maria Deolinda Monteiro, Elsa Ernestina Gomes Monteiro e Marline Barbosa Almeida.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress, Expresso das Ilhas,6 jul 2019 9:41

Editado porSara Almeida  em  7 jul 2019 8:59

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.