Santa Cruz: Polícia e equipa médica reforçadas na localidade de Achada Ponta

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,10 jun 2020 21:46

As autoridades em Santa Cruz decidiram, esta quarta-feira, reforçar as medidas de sensibilização e precaução a COVID-19 em Achada Ponta, para evitar a propagação do vírus para outras zonas, depois do registo de um caso em Porto Madeira, nas últimas 24 horas. Na segunda-feira tinha sido já estabelecido um cordão sanitário na localidade, colocando toda a zona em quarentena.

A informação foi avançada à Inforpress pelo Presidente da Câmara Municipal, Carlos Silva, depois de um encontro com a Delegacia de Saúde, Polícia Nacional, Serviço Regional de Protecção Civil, Cruz Vermelha e Rádio Comunitária Voz de Santa Cruz.

“Definimos um plano de reforço de medidas de protecção de pessoas, assistência alimentar, na perspectiva de as pessoas sentirem menos necessidade de sair da localidade de Achada Ponta”, declarou, salientando que o “momento em que Santa Cruz mais precisa de estado de emergência é agora”.

No seu entender, as pessoas estão bastante sensibilizadas, mas indicou que ainda um bom número continua “muito distraída”.

“Nossa preocupação é evitar que o vírus se propague para outras zonas, porque hoje registamos um caso fora da aldeia de Achada Ponta e isso é preocupante”, observou, admitindo que quanto mais se propaga para outras zonas, mais difícil se torna o controlo.

Por isso, a equipa sanitária e da polícia nacional vai reforçar a sua presença na comunidade, no sentido reforçar cada vez mais a sensibilização.

“A abordagem é mais na perspectiva de sensibilização para que as pessoas possam dar mais importância ao perigo desta pandemia, tendo em conta o seu efeito, sobretudo nas camadas mais vulneráveis, como idosos e portadores de doenças crónicas”, esclareceu o autarca..

A partir desta quinta-feira, 11, vão ser disponibilizados dois carros som para animação e sensibilização de pessoas, mas a aposta passa, também, para uso da rádio comunitária na informação e sensibilização.

“A palavra de ordem agora é a sensibilização de pessoas”, afiançou, apelando aos munícipes mais responsabilidade e colaboração, para evitar a propagação da COVID-19.

“As pessoas têm que ganhar a consciência de que a única forma para evitarmos a propagação deste vírus é evitar sair de casa”, alertou.

O Presidente da República contactou o autarca santa-cruzense para se inteirar da situação da COVID-19 no município e manifestou o seu total apoio, apelando à união de forças.

Esta segunda-feira, 08, o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, anunciou que em parceria com outras autoridades foi estabelecido um cordão sanitário na localidade de Achada Ponta, colocando toda a zona em quarentena, para evitar a propagação do novo coronavírus no concelho.

Com isso, pressupõe-se que ninguém entra e ninguém sai da localidade sem a devida autorização, mas a delegada de Saúde, Evily Martins, reconheceu, em declarações à Inforpress, que os moradores “insistem em não cumprir as medidas”, saindo para outras zonas.

A responsável alertou a população de Achada Ponta para as consequências de violar o isolamento.

Dados apresentados hoje indicam que o País registou mais 30 casos da COVID-19, sendo 23 no concelho de Santa Cruz.

Em 24 horas Santa Cruz saltou de 21 casos registados para 45.

O País contabiliza neste momento 616 casos acumulados da COVID-19, sendo 315 casos activos, 294 casos recuperados e cinco óbitos.

A pandemia de CVOID-19 já provocou mais de 411 mil mortos e infectou mais de 7,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,10 jun 2020 21:46

Editado porSara Almeida  em  21 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.