Organizadores do FESPACO vencem prémio “Miriam Makeba” 2018

PorExpresso das Ilhas,4 dez 2018 8:09

O júri atribuiu este prémio a um conjunto de vários projectos unidos sob a égide única da organização do Festival Panafricano de Cinema e Televisão de Ouagadougou (FESPACO), sediado em Burquina Faso.

A gala aconteceu na noite da passada sexta-feira, 30, no Palácio da Cultura em Argel (Argélia). 

O Prémio Internacional da Criatividade Artística “Miriam Makeba” foi considerado durante a cerimónia como o "Prémio Nobel do Continente Africano". O júri atribuiu ainda uma menção honrosa à Fundação Miriam Makeba, pelo incansável, dedicado e importantíssimo trabalho que tem feito desde a sua criação.

Conforme a mesma fonte, o júri escolheu organizadores do FESPACO pelo contributo que tem dado para o desenvolvimento do Cinema Africano, ao longo dos seus quase 50 anos de existência. “O FESPACO vem desempenhando um papel decisivo na cultura Africana, e tem sido um motor de divulgação com um poder de mensagem muito forte, tal como teria sido desejo da própria `Mama África` (Miriam Makeba)”, refere a nota.

No final da cerimónia, a cantora Solange Cesarovna, que também era um dos elementos do júri, brindou o público com mornas dos autores Eugénio Tavares e B.Léza.

De referir que o vencedor receberá o montante de 100 mil dólares. O autor da música “I am free in Algerie”, criada em 1972 para Miriam Makeba, ofereceu a Solange Cesarovna o original da gravação, tendo sido a artista convidada para interpretar aquela música em Fevereiro de 2019, também na Argélia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,4 dez 2018 8:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  4 dez 2018 15:17

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.