Roy Job e Loony Johnson, os grandes vencedores da noite

PorDulcina Mendes,5 mai 2019 12:18

Loony Johnson
Loony Johnson

Roy Job e Loony Johnson foram os artistas mais premiados na noite em que o tema “Preparado” dos Rapaz 100 Juiz conquistou o prémio de Música Popular do Ano.

A gala arrancou às 21:30 com uma amostra das danças cabo-verdiana, de seguida os apresentadores Dj Pensador e a moçambicana Vanessa Figueiredo tomaram conta do palco. O humorista cabo-verdiano Carlos Andrade também apresentou a gala, ao lado da Vanessa Figueiredo.  

Roy Job que foi nomeado pela primeira vez nos CVMA, levou para a casa três estatuetas: Melhor Coladeira, Melhor Produtor Musical e Melhor Álbum do Ano. 

Loony Johnson com a tema “Homi Grandi” conquistou as categorias de Melhor Videoclip, Melhor Afrobeats/Afrohouse e Melhor Colaboração. “Agradeço e dedico este prémio a Zeca di Nha Reinalda”, disse Lonny Johnson ao receber a estatueta de Melhor Colaboração, dizendo que de todas as nomeações, este era o prémio que ambicionava ganhar.

Nancy Vieira, Lucibela e Djodje, ausentes da gala, conquistaram dois prémios cada. Nancy Viera foi vencedora nas categorias de Melhor Música Tradicional e Melhor Intérprete Feminina. Já Lucibela venceu nas categorias de Artista Revelação e Melhor Morna com o seu primeiro álbum “Laço Umbilical”. E Djodje conseguiu os prémios Sapo Awards e Melhor Kizomba. 

Este ano, o Prémio Carreira foi para o músico, cantor e compositor Dany Siva. “Este prémio representa o reconhecimento do meu trabalho, na divulgação da música de Cabo Verde”, disse Dany Silva que presenteou o público com uma linda actuação.

O músico Orlando Pantera foi homenageado na gala com um vídeo sobre o seu percurso no mundo da música.

Além dos prémios, a gala contou com a actuação dos nomeados Rapaz 100 Juiz, Loony Johnson, Leo Pereira e dos convidados Yasmine, Don Kikas, Charbel e Gaby Baessa. No âmbito do projecto Responsabilidade Social dos CVMA, uma parte da receita do evento será para apoiar o povo da Beira, em Moçambique.

As Menções Honrosas foram os primeiros prémios a serem entregues. Batchart foi galardoado como Artista Solidário, Nhelas Spencer - Compositor, Moisés Évora - Animador de Comunicação Social, Dj foi para Straga Beat e Música da Nossa Vida foi para “Doce Guerra” de Antero Simas.

Esses prémios foram entregues pelo presidente do júri Mário Bettencourt. Segundo Mário Bettencourt a escolha dos artistas não foi fácil, porque avaliar os trabalhos dos outros é muito complicado. Por outro lado, indicou que os CVMA devem continuar e que têm tido cada vez mais visibilidade.

Lista dos vencedores:

Melhor Coladeira

Roy Job feat Grace Évora(Xtoria d´bo manera)

Melhor Morna

Lucibela(Laço Umbilical)

Melhor Música Tradicional

Nancy Vieira(Bocas di Paiol)

Melhor Colaboração

Loony Johnson feat Zeca Nha Reinalda(Homi Grandi)

Melhor Produtor

Roy Job(A Dedicatiion)

Melhor Hip Hop/Rnb

Djedje feat Olga(Cidade Perdida).

Melhor Afrobeats / Afrohouse

Loony Johnson(Homi Grandi).

Melhor Ritmo Internacional

Dino D’Santiago(Como Seria)

Melhor Kizomba (by Deco Design)

Djodje feat Jimmy P(A Fila Anda)

Melhor Funaná (by Charles Company)

Tony Fika(Nha Cutelo)

Melhor em Palco

Elji Beatzkilla

Melhor Intérprete Feminina

Nancy Vieira

Melhor Intérprete Masculino

Mirri Lobo

Melhor Álbum do Ano

Roy Job(A Dedication)

Artista Revelação

Lucibela

Música Popular do Ano

Rapaz 100 Juiz feat Calema(Preparado).

Melhor VideoClip

Loony Johnson feat Zeca Nha Reinalda(Homi Grandi)

Sapo Awards

Djodje

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,5 mai 2019 12:18

Editado porSara Almeida  em  24 mai 2019 18:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.