Gala da 4ª Edição do PNP adiada por causa do Coronavírus

PorDulcina Mendes,19 mar 2020 14:34

A 4ª edição do Prémio Nacional de Publicidade (PNP) contará com 41 trabalhos a concurso. Os trabalhos premiados serão conhecidos na gala, que ainda não tem data marcada, por causa da pandemia do coronavírus.

A gala estava prevista para o dia 20 deste mês, na Cidade da Praia, mas devido à pandemia do coronavírus, o evento foi adiado.

Esta terça-feira, a EME- Marketing e Eventos, empresa organizadora do evento, fez a apresentação dos trabalhos submetidos a concurso.

A directora do Prémio Nacional de Publicidade, Maria Martins, começou por anunciar o número dos trabalhos submetidos a concurso e falou do aumento que se verificou em relação às edições anteriores.

“Este ano houve um aumento de 71% dos trabalhos inscritos a concurso. Em todas as categorias do prémio tivemos um crescimento e uma maior competitividade, em termos de inovação. Gostaria de sublinhar que criamos uma plataforma através da qual os trabalhos foram inscritos e analisados”, indicou.

Maria Martins disse que este evento pretende premiar os melhores da publicidade, trabalhos, conteúdos produzidos e comprovadamente divulgados, através dos meios usuais e alternativos de comunicação.

Para esta edição, a organização criou uma plataforma para facilitar a inscrição dos trabalhos. “Em termos de inovação criamos uma plataforma e os trabalhos foram inscritos e foi através dessa plataforma que se permitiu que os jurados tivessem acesso aos trabalhos e a avaliação foi também feita através dessa plataforma”.

O presidente do júri, Aristides Silva, ressaltou a evolução significativa, em termos de quantidade, mas referiu que a nível de qualidade os trabalhos precisam ser melhorados.

“A nível da qualidade dos trabalhos, diria que há uma percentagem que ainda precisa ser elevada a nível nacional, em termos de criatividade, produção e do produto final que deve submetido ao trabalho”, afirmou.

Aristides Silva apelou aos concorrentes que primam pela qualidade dos trabalhos. “Temos que primar pela qualidade, o objectivo do prémio é validar e reconhecer a qualidade e a criatividade nacional”.

Um dos constrangimentos dos jurados é o peso dos ficheiros submetidos à plataforma. “É o primeiro ano em que foi introduzido a tecnologia na recolha dos trabalhos e houve um problema de logística, em termos de processamento de dados, porque os ficheiros eram extremamente pesados e a banda larga que temos no país ainda tem alguma dificuldade em processar determinados dados”.

Aristides Silva assegurou que são aspectos que serão melhorados nas próximas edições, “mas não deixa de ser uma chamada de atenção para todos que submetam o material a concurso”.

Em relação aos universitários, disse que teve a oportunidade de ver alguns trabalhos desses estudantes que estão a iniciar nessa área. “Tive o prazer de ver alguns trabalhos, temos que analisar que devem ser trabalhos com nível, e os estudantes embora estando no início tem que começar, porque é de pequeno é que devemos primar pela qualidade”.

Esta edição tem como corpo de jurados: Aristides Silva, Maria Luísa de Sousa Lobo, Samira Vera-Cruz e Tutu Sousa. Organizado pela EME-Marketing & Eventos, em parceria com o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, o PNP tem como objectivo reconhecer os tra­ba­­lhos publicitários cria­­dos, produzidos e comprovadamente divulgados em Cabo Verde.

Para este prémio podiam concorrer agências, produtoras, criativos e universitários. De sublinhar que para esta edição concorreram trabalhos divulgados durante o período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2019. O prazo para entrega dos trabalhos decorreu de 1 a 31 de Janeiro do corrente. Os jurados estiveram reunidos de 12 a 21 de Fevereiro para avaliar os trabalhos e a votação pública terminou no dia 13 deste mês.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 955 de 18 de Março de 2020.   

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,19 mar 2020 14:34

Editado porSara Almeida  em  23 nov 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.