Morreu o escritor brasileiro Rubem Fonseca

PorExpresso das Ilhas,15 abr 2020 18:56

O escritor brasileiro Rubem Fonseca, de 94 anos, morreu esta quarta-feira, 15, no Rio de Janeiro, avançou a sua editora em Portugal, a Sextante, do grupo Porto Editora.

O escritor sofreu um enfarte, e foi transportado para uma unidade hospitalar do Rio de Janeiro, mas acabou por não sobreviver.

Rubem Fonseca é autor de livros como "Feliz Ano Novo" (1976) e "O Cobrador" (1979) e "A Grande Arte" (1983), e foi distinguido com o Prémio Camões em 2003.

O escritor era apontado pela crítica como "o maior contista brasileiro da segunda metade do século XX".

Rubem Fonseca estreou-se como autor em 1963, com a publicação da colectânea de contos Os Prisioneiros”"Carne crua", o seu mais recente livro de contos inéditos, foi editado em 2018.

Rubem Fonseca, ou Zé Rubem como era chamado pelos amigos, nasceu a 11 de Maio de 1925, em Juiz de Fora, cidade do estado brasileiro de Minas Gerais. Foi polícia, tendo mesmo ascendido à categoria de comissário, mas também funcionário da companhia eléctrica Light.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,15 abr 2020 18:56

Editado porSara Almeida  em  4 dez 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.