Centrum Sete Sóis Sete Luas da Brava recebe exposição e apresentação de livro

PorDulcina Mendes,21 fev 2022 11:56

O Centrum Sete Sóis Sete Luas da Brava recebe esta sexta-feira, 18, a residência da street artist da luxemburguesa Lisa Junius e o lançamento do livro “Palavras com letras” da autoria do poeta português João Taveira Pinto.

O Centrum Sete Sóis Sete Luas da Brava vai receber a residência artística da street artist da luxemburguesa Lisa Junius, que realizará um mural numa aldeia piscatória da ilha, nos dias 17 e 18 de Fevereiro.

Segundo uma nota do Festival Sete Sóis Sete Luas, a presença de Lisa Junius deve-se ao apoio da Embaixada do Luxemburgo em Cabo Verde, no âmbito da parceria com Esch2022-Capital Europeia da Cultura.

Lisa Junius é uma artista multidisciplinar, ilustradora e designer. Nascida no Luxemburgo, onde vive e trabalha, formou-se em Belas Artes e Pesquisa Artística na Universidade de Estrasburgo em 2016.

Conforme a mesma fonte, a artista trabalha em pequenos e grandes formatos, desde a cerâmica a telas e murais, e o seu estilo é claramente reconhecível no uso do branco, do azul e do azul claro.

Espera-se que as “pessoas possam sentir a atmosfera calma e serena que vem da cor azul e da relação entre as mulheres e a natureza”, sublinha.

O autor João Taveira Pinto nasceu em Ponte-de-Sor e licenciou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra, em 1981. Na mesma Faculdade foi membro do Conselho Directivo entre 1978 e 1981.

João Taveira Pinto é presidente da direcção Casa dos Avós (IPSS), mas foi, sobretudo, ao longo dos vinte anos, entre 1993 e 2013, presidente da Câmara Municipal de Ponte-de-Sor. “Palavras com Letras” é o seu primeiro livro de poemas.

A anteceder a exposição e apresentação do livro, nos dias 17 e 18, o Centrum Sete Sóis Sete Luas da Brava irá distribuir cerca de seis toneladas de material solidário numa parceria com a Câmara Municipal da Brava, o Município de Ponte de Sor, a Cruz Vermelha Portuguesa, o Município de Oeiras e a Universidade Sénior de Castro Verde.

Conforme a mesma fonte, todas estas entidades ajudaram na recolha destes materiais e pretendem que seja um gesto de amizade e de solidariedade com os amigos da ilha Brava, onde já há dez anos se realiza-se o Festival Sete Sóis Sete Luas.

O Festival Sete Sóis Sete Luas teve início no ano de 1993 e é agora um projecto promovido por uma Rede Cultural composta por 30 cidades de 10 países diferentes: Brasil, Cabo Verde, Croácia, França, Itália, Marrocos, Portugal, Roménia, Eslovénia, Espanha e Tunísia.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1055 de 16 de Fevereiro de 2022. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,21 fev 2022 11:56

Editado porAndre Amaral  em  8 ago 2022 23:28

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.