​Associação de Cinema e Audiovisual reconhece ganhos na aprovação da lei do cinema

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,1 abr 2022 10:18

O presidente da Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde (ACACV), Júlio Silvão, reconheceu esta quinta-feira, na cidade da Praia os ganhos com a aprovação pelo parlamento da lei do cinema no cenário cinematográfico cabo-verdiano.

Júlio Silvão fez estas declarações à margem do acto solene em que o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva e o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, foram distinguidos como Sócios Honorários da ACACV, numa cerimónia em que também mereceram distinção os Sócios Ordinários Efectivos que se destacaram durante o ano de 2021.

O evento, que aconteceu no auditório Almeida Santos da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde, marcou a comemoração do 10º Aniversário da Associação do Cinema e Audiovisual de Cabo Verde.

“Nós tínhamos um mercado sem qualquer regulamentação que ninguém sabia como fazer no quadro legal, tanto a nível nacional como a nível de produções estrangeiras, hoje já temos um mercado regulamentado, já temos a regulamentação da própria lei e agora é funcionar no quadro dessa lei para podermos habituar”, frisou.

Júlio Silvão defendeu ainda que esta lei tem servido, tanto para a produção nacional como para a produção não nacional e acrescentou que tem contribuído para a “aproximação e atracção de grandes produções”, que, segundo o mesmo, já está “alinhavado” com alguns grandes produtores estrangeiros.

A médio prazo, o presidente da ACACV disse também que o foco da associação é “atacar com uma grande campanha de sensibilização” a causa dos símbolos nacionais no sentido de permitir aos cabo-verdianos conhecer melhor os símbolos nacionais.

“Entregamos na quarta-feira ao Presidente da República uma colectânea de filmes sobre os símbolos nacionais saídos do concurso que realizamos, brevemente vamos entregar ao presidente do parlamento, depois ao primeiro-ministro que já socializamos e também à associação nacional dos municípios para conjuntamente realizarmos uma grande campanha de sensibilização à causa para melhor conhecimento dos símbolos nacionais”, apontou.

A isto acrescentou ainda o lançamento do festival internacional do filme ambiental do atlântico, em parceria com diferentes instituições das Canárias e de Cabo Verde, destacando a Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD), parceira neste projecto.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,1 abr 2022 10:18

Editado porAndre Amaral  em  6 dez 2022 23:28

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.