Nélida Cabral lança livro sobre regulação farmacêutica em Cabo Verde”

PorDulcina Mendes,31 mar 2022 10:20

“Eficácia e Transparência da Regulação Farmacêutica em Cabo Verde” é o título do livro da autoria de Nélida Cabral a ser apresentado esta quinta-feira, 31, na Cidade da Praia, no Auditório BAI Center.

O livro é resultado de uma dissertação para obtenção do grau de Mestre em Saúde Pública. Trata-se de um trabalho com duas componentes fundamentais da regulação farmacêutica. “A Eficácia e a Transparência, com base na avaliação das ferramentas usadas, espelhando a percepção dos principais intervenientes da regulação farmacêutica, o seu perfil e nível de conhecimento sobre o sector”, indica a autora.

Ao longo deste trabalho Nélida Cabral descreve o sector farmacêutico de Cabo Verde, as ferramentas utilizadas para a sua regulação e os intervenientes do processo, levantando uma necessária discussão à volta do tema e permitindo um paralelo com outras realidades.

Publicado com a chancela da Lisbon International Press, editora do Grupo Editorial Atlântico, o livro encontra-se dividido em cinco capítulos, os quais discorrem sobre os principais aspectos da regulação farmacêutica em Cabo Verde.

No primeiro capítulo a autora faz o levantamento do problema e orienta o leitor para o seu conteúdo. “A metodologia adotada, bem como os objectivos traçados com base nas hipóteses levantadas, é exposta dando ênfase à análise dos dados, com base na aplicação do questionário elaborado para o efeito”, frisa.

No segundo capítulo, Nélida Cabral traz uma descrição e contextualização actualizada da regulação farmacêutica, percorrendo temas desde a Política Nacional de Saúde, a Política Farmacêutica Nacional, as Entidades Reguladoras, a Regulação em saúde e o próprio sector farmacêutico.

Já no terceiro capítulo, a autora expõe de forma sistematizada os resultados com os respectivos gráficos e tabelas. No quarto capítulo mostra os resultados obtidos, numa tentativa de, com base na literatura existente (artigos científicos, livros, documentos, dissertações e teses, bem como leis e regulamentos), explicar e sustentar os resultados.

A obra termina no quinto capítulo, não com respostas definitivas, mas com um conjunto de questões que, caso aprofundadas, poderão levar a uma melhor compreensão do tema. Na mesma linha, este capítulo encerra consideráveis recomendações ao setor, que derivam do próprio estudo.

Natural da Cidade da Praia, Nélida Cabral concluiu os seus estudos secundários em 2001, ano em que ingressou na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa para prosseguir o mestrado integrado em Ciências Farmacêuticas.

Em 2011, regressou a Cabo Verde para, depois de várias experiências no sector farmacêutico (público e privado), ingressar na Agência Reguladora de Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA).

Concluiu, em 2021, o Mestrado em Saúde Pública e Comunitária pela Universidade Jean Piaget, com a dissertação “A Regulação Farmacêutica: A perspetiva dos principais intervenientes sobre a sua Eficácia e Transparência”.

Nélida Cabral participou, também em 2021, da Antologia de poesia contemporânea “Alma de Mar”, da editora Chiado Books, do Grupo Atlântico, uma obra que reúne em dois tomos poesia e prosa sobre o tema.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1061 de 30 de Março de 2022. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,31 mar 2022 10:20

Editado porClaudia Sofia Mota  em  8 ago 2022 23:28

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.