Governo e Câmara da Praia querem assinar um protocolo de longa duração com o AME

PorDulcina Mendes,28 abr 2024 11:55

O director-geral do Atlantic Music Expo (AME), Augusto (Gugas) Veiga, disse que tanto o Governo como a Câmara Municipal da Praia já mostraram a pretensão de assinar um protocolo de longa duração com o evento. Gugas Veiga fez esta afirmação esta terça-feira, 23, numa conferência de imprensa sobre o balanço da 10ª edição do evento, onde anunciou que a 11ª edição do AME vai acontecer entre os dias 7 e 10 de Abril de 2025.

Tanto o Governo como a Câmara Municipal da Praia já comunicaram que vão melhorar a parte financeira dos protocolos. Augusto Veiga considerou que é uma questão de tempo até que esse assunto fique resolvida.

“O que para nós nos dá alguma previsibilidade e sustentabilidade e poderá garantir a presença do AME aqui na Praia para os próximos cinco anos o que nos poderá também permitir realizar outras acções durante o ano, nomeadamente residências artísticas, conferências e workshops, e também podermos ter uma maior relação de trabalho tanto com a Câmara Municipal como com os diferentes organismos do Governo”, indicou.

Por outro lado, frisou que estão neste momento a fechar as contas do AME 2024. “Ainda falta-nos finalizar alguns recebimentos e pagamentos. Apresentaremos de seguida o relatório de contas e de actividades através de uma Assembleia Geral eletiva em finais de Maio ou início de Junho”.

Neste sentido garantiu que vão debater e procurar o melhoramento do próprio evento. “Há várias coisas que têm que ser melhoradas e a actual direcção está a trabalhar nisso. No mês de Junho ou Julho, vamos abrir as inscrições para os artistas para a próxima edição”.

Gugas Veiga destacou que querem abrir as inscrições mais cedo, para pensarem na parte da actualização dos espaços de realização do AME. “ Será também algo que temos de discutir com a Câmara Municipal da Praia”.

Na mesma linha admitiu que o AME pode ser descentralizado, mas mantendo o evento na Cidade da Praia. “O AME pode ser descentralizado, sem dúvida, realizando sempre aqui na Cidade da Praia, mas há também a oportunidade de ir para outras ilhas. Já recebemos sinais de várias ilhas com interesse, mas tudo depende do financiamento e do tecido empresarial e das câmaras municipais dessas ilhas e concelhos”.

Conforme sublinhou, as condições que estão a acontecer são aquelas que tentamos há muito tempo. “A nossa ideia, sinceramente, era sair depois desta edição, mas neste momento estamos a ponderar o que iremos fazer. Mas, dentro de mais ou menos um mês, esta direcção irá comunicar a sua decisão se avançamos para novas eleições ou se damos lugar a outras pessoas”.

AME 2024

Gugas Veiga garantiu que a 10ª edição do AME foi considerada um sucesso, tanto pela presença dos artistas, como pelos contactos que os mesmos conseguiram realizar durante o evento.

“Este ano, tivemos a presença de 141 artistas e músicos nos nossos palcos, divididos em 27 actuações, incluindo a abertura. Tivemos 65 músicos internacionais de 14 nacionalidades e 76 nacionais. Tivemos a presença de quatro delegações internacionais: uma delegação do Quebec (Canadá), outra da Câmara Municipal de Águeda (Portugal), das Seychelles e também do Senegal”, enumerou.

Em relação à comunicação social frisou que estiveram presentes 70 jornalistas nacionais e internacionais acreditados no evento, sendo 30 internacionais, de 19 nacionalidades. “Tivemos também a presença de 130 convidados nacionais de diversas instituições e empresas e um staff de 85 pessoas a trabalhar directamente no evento. Este ano, o total de delegados inscritos foi 517, sendo a maior inscrição de sempre de delegados no evento, tanto nacionais como internacionais”.

Impacto económico

Conforme indicou, dos números enviados pela Sociedade Interbancária e Sistemas de Pagamento (SISP) da semana de 1 a 6 de Abril, na Cidade da Praia, ao nível de levantamentos nas Caixas 24 e pagamentos nas POS tivemos uma movimentação de 1.259.790 contos.

“O que é um número significativo para um investimento de cerca de 45 mil contos nos dois eventos no AME e no Kriol Jazz Festival”, realçou.

Gugas Veiga referiu que houve um aumento muito grande em relação ao ano passado. “O ano passado movimentou-se 1.075 mil contos. Este ano, 1.259 mil contos praticamente. Então, acreditamos que vale a pena estes investimentos para a nossa sociedade e para a economia local aqui na Cidade da Praia”.

Neste sentido garantiu que a edição deste ano foi muito positiva para vários artistas. “Os artistas que não participaram nos showcases, mas que devido aos one-on-one meetings conseguiram já acertar espectáculos ainda para este ano. Temos outros que já estão alinhados para festivais no próximo ano a nível internacional e nacional”.

“Há artistas que estiveram cá e houve directores de festivais internos que já os convidou para os seus certames. Para além disso, nós tivemos também uma outra parte que é o facto de haver músicos cabo-verdianos a actuar com artistas estrangeiros e que também vão fazer espectáculos com esses artistas estrangeiros em outras partes do mundo”, informou.

Para o diretor-geral do AME, este ano foi muito bom a nível de reflexos para a internacionalização de artistas cabo-verdianos, “mas também foi bom ao nível das conferências e workshops que aconteceram a nível de conhecimento e abertura de novas janelas de oportunidades para os nossos artistas, produtores e agentes”.

“O AME já está a receber e-mails de jornalistas e de produtores a perguntar pela nova data. Já estamos a receber e-mails e pedidos de delegações estrangeiras também que querem participar no AME”, revelou.

Gugas Veiga garantiu que as delegações que estiveram este ano vão repetir as suas presenças no evento do próximo ano por conta própria. “Vamos ter também delegações de outros países que já confirmaram que querem estar presentes no AME 2025”.  

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1169 de 24 de Abril de 2024.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,28 abr 2024 11:55

Editado porEdisângela Tavares  em  19 jul 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.