Construção civil continua a crescer mas com sinais de abrandamento

PorAndre Amaral,15 dez 2017 10:42

O Instituto Nacional de Estatística divulgou hoje os dados sobre o sector da construção civil em Cabo Verde. No terceiro trimestre o sector cresceu 5,9%, no entanto este crescimento abrandou quando comparado com o trimestre anterior.

“A produção na construção civil aumentou, no 3º trimestre de 2017, 5,9%”, avança hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE) no seu relatório sobre o Índice de Produção na Construção Civil. No entanto, apesar deste crescimento, o sector está a dar sinais claros de abrandamento. Quando comparado com o segundo trimestre deste ano nota-se que a produção na construção civil diminuiu 4,7 pontos percentuais relativamente ao período entre Abril e Junho.

Em termos homólogos a quebra é ainda maior. Comparando o terceiro trimestre deste ano com o do ano passado a queda na produção é de 8,9%, avança o INE no mesmo documento.

“No 3º trimestre de 2017, os grupos de materiais de construção civil que contribuíram para o aumento da produção na construção civil foram os “Materiais de base” (5,8%): o aumento da produção, nesta categoria, justifica-se, com o aumento da produção do “Cimento” (1,8%), e do “Ferro” (20,9%) e os “Materiais de pintura” (15,2%): o aumento da produção, nesta categoria, justifica-se, com o aumento da produção de “Tinta de água para exterior” (52,2%), da “Massa de barração para interior” (85,9%) e da “Tinta de óleo” (3,6%)”.

Em sentido contrário, com crescimento negativo, “o aumento da produção na construção civil, foi atenuado pelos seguintes grupos de materiais “Materiais de revestimento” (-3,8%): a descida da produção, nesta categoria, justifica-se, com a descida da produção do “Mosaico” (-15,6%), do “Mármore” (-8,6%) e do “Granito” (-3,9%). “Esquadria” (-8,7%): a diminuição da produção, nesta categoria, justifica-se, com a diminuição da produção da “Janela de alumínio” (-17,2%) e da “Porta de alumínio” (-6,4%)”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,15 dez 2017 10:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.