Inflação com variação homóloga de 7,6% em Dezembro

O Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou no mês de Dezembro uma taxa de variação homóloga de 7,6% em relação a Dezembro de 2021. Em termos mensais a variação foi de 0,0%, valor inferior em 0,7 p.p ao registado no mês anterior, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com a mesma fonte, a taxa de variação acumulada do IPC foi de 7,6%, taxa superior em 2,2 p.p à observada no mês homólogo do ano anterior.

O INE informa que a taxa de variação homóloga do IPC total, no mês de Dezembro de 2022, foi de 7,6%, desacelerando 0,4 p.p. em relação ao mês anterior.

No período em análise, o IPC registou uma variação média dos últimos doze meses de 7,9%, valor superior em 0,1 p.p. ao registado no mês anterior.

Ainda de acordo com o INE, o indicador de inflação subjacente (índice total excluindo energia e bens alimentares não transformados) assinalou uma variação homóloga de 7,2%, valor superior em 0,1 p.p. ao registado em Novembro de 2022.

Conforme a mesma fonte, a variação mensal compara o nível do índice entre dois meses consecutivos, mas apesar de ser um indicador que permite um acompanhamento corrente do andamento dos preços, o valor desta taxa de variação é particularmente influenciado por efeitos de natureza sazonal e outros mais específicos localizados num (ou em ambos) dos meses comparados.

O índice de Preços no Consumidor (IPC) é um indicador que tem por finalidade medir a evolução no tempo dos preços de um conjunto de bens e serviços considerados representativos da estrutura de consumo da população residente em Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Edisângela Tavares (Estagiária),16 jan 2023 10:46

Editado porAndre Amaral  em  6 fev 2023 23:30

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.