Destas da edição 892

PorExpresso das Ilhas,31 dez 2018 8:26

Nesta edição, o Expresso das Ilhas dá destaque ao balanço do ano que agora termina. Os momentos-chave, as polémicas, os melhores e os menos bons na política, economia, sociedade, cultura e desporto.

Também neste número, as projecções do FMI: Cabo Verde cresce mais do que o previsto em 2019. Fundo Monetário Internacional revê em alta o crescimento do PIB cabo-verdiano para o próximo ano:4,75%. Mesmo com este valor, o país não entra na lista das trinta economias emergentes que mais crescerão em 2019. 15 dessas economias são africanas.

Aviação: Governo cria reguladora da aeronáutica militar. Os voos militares em Cabo Verde vão deixar de estar sob a alçada de supervisão da Agencia de Aviação Civil, anunciou o governo no Boletim Oficial do passado dia 20 de Dezembro. O Serviço de Registo Aeronáutico Militar vai ser “integrado na Guarda Costeira, componente das Forças Armadas, ao qual compete a consecução das actividades relativas ao registo de aeronaves, de actos conexos e subsequentes” e terá como funções o registo de aeronaves, concessão e controlo de marcas de matrícula e nacionalidade, emitir certificado de matrícula e nacionalidade e, entre outras, emitir certificado de navegabilidade.

Isenção de vistos e a TSA: Agências de viagem vão receber 6€ por cada turista. Medida entra em vigor no primeiro dia de 2019.

No interior, a opinião de José Almada Dias, Dia Nacional da Morna, o símbolo musical maior da cabo-verdianidade; e de César Monteiro, Pedro Gregório, o sentido musical da arquitectura.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,31 dez 2018 8:26

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  31 dez 2018 13:20

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.