Destaques da edição 909

PorExpresso das Ilhas,1 mai 2019 0:33

Nesta edição, o Expresso das Ilhas destaca os últimos desenvolvimentos do caso do naufrágio do navio Vicente: PGR avança com acusações de crimes de homicídio negligente. Afinal, pode haver sim (outros) “culpados” no caso do naufrágio do Navio Vicente, ocorrido em 2015 e no qual 15 pessoas perderam a vida

O Procurador-Geral da República ordenou a abertura de uma nova instrução criminal, por indícios de prática de crime de corrupção. Recolhidas as provas, quatro pessoas individuais, nomeadamente agentes da então Agência Marítima Portuária (AMP), bem como a Sociedade Anónima proprietária do navio, deverão ir agora a julgamento.

Também neste número, a diáspora de sucesso: De Portugal para o mundo pelas mãos de um cabo-verdiano. Os paladares portugueses mais exclusivos estão à distância de um clique, em qualquer parte do mundo, e o empreendedor por trás do negócio é um cabo-verdiano. Pedro Silva Baptista é o criador da loja virtual Portugal Nosso (www.portugalnosso.com) uma plataforma digital de venda e distribuição de produtos gastronómicos a quem o jornal Dinheiro Vivo chamou a “Amazon da Saudade”. Em pouco tempo, o conceito evoluiu e de uma loja E-commerce de produtos de nicho passou para uma Startup que contempla um Centro de Serviços & Consultoria, serviços que se debruçam, por exemplo, sobre Home & Executive Chef (chef ao domicílio e para eventos das empresas). Assim, para além da vertente on-line de venda de produtos de nicho, o Portugal Nosso faz a ponte entre Chefs e pessoas que procuram experiências gastronómicas diferenciadas. A outra dimensão traduz-se em Consultoria de Branding, Consultoria Vitivinícola (de vinhos) e de Produto (assessoria para quem procura produtos gastro vínicos em Portugal).

Pedro Gregório e as Ressonâncias e Flutuações no Oceano da Memória. O título de primeiro arquitecto cabo-verdiano acompanha-o sempre. Desenhou, entre tantas outras obras, o emblemático edifício Galerias e a muito popular Pracinha da Escola Grande (Praça António Lereno, ex- Luis de Camões). Foi também o primeiro arquitecto distinguido com o Prémio Nacional de Arquitectura, atribuído pela Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde. Aos 85 anos provou que ainda era tempo da “primeira vez” e inaugurou, no ano passado, a sua primeira exposição de pinturas em Mindelo. Agora, repete o feito na cidade da Praia. Pedro Gregório Lopes apresenta “Ressonâncias e Flutuações no Oceano da Memória” como “uma espécie de reencontro” consigo mesmo.

UNTC-CS e sindicatos de costas voltadas. Quatro sindicatos filiados na UNTC-CS estão em guerra aberta com a sua Secretária-Geral, Joaquina Almeida. Em causa está a suspensão de STIF, SISCAP, STAPS e SICOTUR. A secretária-Geral defende-se e diz que sem dinheiro não pode realizar o Congresso da central que dirige e acusa os sindicatos de estarem contra ela por "não quererem aceitar uma mulher na liderança".

A entrevista com o historiador suíço Alexander Keese: “É muito complicado desconstruir narrativas”. Professor na Universidade de Genebra, na Suíça, com duas décadas dedicadas ao estudo da história das transições políticas na África Ocidental, Alexander Keese interessa-se há 15 anos por Cabo Verde. Ao Expresso das Ilhas, fala sobre a construção e desconstrução de narrativas históricas e a importância de estudar e compreender o passado para lá de visões “generalizadoras e limitadas”.

Na cultura, O Elogio da Democracia: Eurídice Monteiro lança obra com as crónicas escritas no Expresso das Ilhas.

No interior, a opinião de Eurídice Monteiro, Padacinhe de rua; de José Martins, Morna – Veículo de comunicação da identidade cabo-verdiana; e de Gilson Pina, A outra face da leitura sobre as estatísticas do mercado de trabalho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,1 mai 2019 0:33

Editado porDulcina Mendes  em  2 mai 2019 8:29

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.