Edição 1025

PorExpresso das Ilhas,21 jul 2021 0:01

As novas instalações do Campus Universitário da Uni-CV são o tema de manchete da edição desta semana do Expresso das Ilhas.

Projectado para acolher 4.890 estudantes e 476 professores em 61 salas de aulas, o edifício do novo Campus da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), que será entregue pelo governo chinês no próximo dia 23, traz novas perspectivas e desafios de gestão.

Também em destaque está o acordo de mobilidade conseguido na cimeira da CPLP que se realizou em Luanda.

A mobilidade é uma ideia antiga no seio da CPLP, mas com a presidência de Cabo Verde tornou-se tema central da Comunidade e culminou, sábado passado, em Luanda, com a assinatura pelos Chefes de Estado e de Governo da CPLP do Acordo sobre a Mobilidade no espaço da comunidade. Eurico Monteiro, que enquanto embaixador de Cabo Verde em Portugal, e representante em Lisboa da presidência cabo-verdiana na CPLP, concebeu, em concertação com as autoridades nacionais, o projecto que conduziu ao Acordo agora aprovado, conversou com o Expressou das Ilhas sobre a abrangência deste Acordo e dos próximos passos a serem dados para a sua entrada em vigor. 

Retomamos esta semana o tema da época agrícola que se avizinha. Agricultores e criadores de gado não perdem a esperança, mas o cenário não é animador com a falta de chuva e pragas a ensombrarem mais um ano agrícola.

A COVID-19 também merece destaque na edição desta semana do Expresso das Ilhas. O Director Nacional de Saúde, Jorge Barreto, disse esta segunda-feira que está a ser estudada a possibilidade de as pessoas com vacinação completa contra a COVID-19 não necessitarem de realizar testes rápidos antes das viagens interilhas.

Na economia o destaque vai para a recuperação económica dos pequenos estados insulares em desenvolvimento. A crise deixou um rasto de destruição no geral e em particular nos pequenos países insulares (SIDS, na sigla em inglês). Agora é chegada a hora da reconstrução, mas é um restabelecimento que não vai ser fácil, como mostra o último relatório da UNCTAD que analisa este grupo de nações vulneráveis. A pandemia levou a uma queda dramática dos PIBs, especialmente nos SIDS que dependem fortemente do turismo, como Cabo Verde, e fez escalar as dívidas públicas.

Na opinião destaque para os artigos de Amílcar Spencer Lopes com 'Capacidade de desenvolvimento e realização dos sistemas'; de Alberto Mello com 'O que é preciso para uma drenagem urbana?'; e de Edson Brito com 'Cabo Verde na rota da Globalização'.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,21 jul 2021 0:01

Editado porAndre Amaral  em  21 jul 2021 17:10

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.