Edição 1052

PorExpresso das Ilhas,26 jan 2022 0:51

Na edição desta semana do Expresso das Ilhas fazemos manchete com a entrevista a Eunice Silva, ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação.

Conhecido o perfil habitacional do país e publicado o plano nacional para o sector, o governo aposta numa intervenção que responda às necessidades concretas de cada município, ao invés de um grande plano abrangente. Noutra das áreas que tutela, a ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação defende a necessidade de uma maior cultura de planeamento, nomeadamente, para proteger as orlas costeiras e preparar o país para os efeitos das mudanças climáticas. Eunice Silva espera conseguir, nos próximos anos, terminar os anéis do Fogo e de Santiago. Garantida está a reabilitação da estrada Palmeira-Espargos-Santa Maria, no Sal.

Também em destaque estão as declarações do PCA da Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Em Abril de 2015 era criada em Cabo Verde a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD). Mais de seis anos depois, o presidente da instituição recorda o percurso feito e traça o balanço destes anos iniciais e da consolidação da Comissão no plano nacional e internacional. Com mandato expirado em 2021, Faustino Varela aborda ainda os desafios que marcarão os próximos tempos da Comissão e do país. Apesar do imenso caminho já trilhado, estes são muitos, havendo cada vez mais a necessidade de um sistema de protecção de dados robusto, que dê resposta e confiança à visão de um Cabo Verde tecnológico e digital.

Na economia damos destaque à subida de preços que se tem feito sentir um pouco por todo o país.

A conjuntura que se verifica a nível mundial está a deixar comerciantes e donos de restaurantes sem outra solução que não seja a subida de preços.

Na política o destaque vai para os resultados do Índice de Percepção da Corrupção. Cabo Verde subiu duas posições neste ranking e é o segundo melhor de África e da CPLP.

No futebol abordamos a eliminação de Cabo Verde na CAN’2021.

A selecção de Cabo Verde de futebol despediu-se esta terça-feira da 33ª edição do Campeonato Africano das Nações, CAN’2021, que decorre nos Camarões, ao perder com o Senegal por 2-0, em jogo dos oitavos-da-final. Um jogo que ficou marcado pela arbitragem polémica do árbitro tunisino Laulou Benbraham, que inclinou o campo.

Na opinião destacamos os artigos de Amílcar Spencer Lopes com ‘Que idade têm afinal as Forças Armadas Cabo Verdianas?’ e de Camilo Leitão da Graça com ‘Tempos de incertezas e reflexão’.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,26 jan 2022 0:51

Editado porAndre Amaral  em  26 jan 2022 15:14

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.