Edição 1064

PorExpresso das Ilhas,20 abr 2022 0:02

Esta semana, o destaque principal do Expresso das Ilhas vai para a entrevista com a Ondina Ferreira, que assinala o dia do Professor Cabo-verdiano.

Deputada, filóloga, escritora e ensaísta, mas, acima de tudo, professora. Ondina Ferreira dedicou toda uma vida à educação. Em entrevista aos Expresso das Ilhas, por ocasião do dia do professor cabo-verdiano, que se celebra dia 23 de Abril, a professora partilha a sua história, e também as suas reflexões sobre o ensino público em Cabo Verde. Um ensino que, lamenta, está em decadência e carece de debate e crítica quanto à sua (fraca) qualidade. Por que é que a escola pública cabo-verdiana foi boa e já não o é, é a questão que se destaca. Assim, há que assumir, enfrentar e debater o descalabro da escola pública, alerta a professora aposentada.

Destaque para o Outlook do FMI, que aponta Cabo Verde como um dos 15 países do mundo mais afectados pela pandemia. O PIB cabo-verdiano teve uma queda de -14,8% em 2020 e na África subsaariana, só as Maurícias tiveram um resultado pior, com uma descida de -14,9% no produto interno bruto. Os números de 2021 já contam uma história diferente, mas a recuperação teve agora um abrandamento por causa da guerra na Ucrânia.

No dia 23 comemora-se, além do dia do Professor Cabo-verdiano, o Dia Mundial do Livro. As efemérides deram mote a uma conversa com a Coordenadora do Plano Nacional de Leitura. Para Ana Cordeiro estas duas celebrações estão intimamente relacionadas, pois, na sua perspectiva, não se consegue promover o livro sem o apoio dos professores.

Chamada de primeira página também uma reportagem sobre os desafios do escutismo no mundo actual. O escutismo, que desde sempre considerado como uma escola de valores e de competências transversais para a vida, caracterizada pelo sistema de patrulhas, pelas actividades ao ar livre, pelo imaginário e pelo jogo. Entretanto, o facto de os jovens estarem constantemente conectados à internet por meio dos smartphones e o período pós-pandemia podem constituir-se um desafio para a educação de crianças e jovens, através desta actividade, segundo a Associação dos Escuteiros de Cabo Verde e o Corpo de Escutismo Católico Cabo-Verdiano.

Chamada ainda para o artigo de opinião de Lígia Dias Fonseca, 'O factor mulher', que aborda a violência sexual em zonas de guerra, em particular a que está a ocorrer actualmente na Ucrânia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 abr 2022 0:02

Editado porA Redacção  em  20 abr 2022 16:03

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.